“Prazeres da melhor idade”

Humor No Comments »

O tamanho da letra já é para facilitar a vida de alguns.
O bem humorado e realista texto do Jornalista Rui Castro está ótimo.
Divirtam-se

Melhor idade é a puta que pariu – a melhor idade é de 18 aos 40 anos!

A voz em Congonhas anunciou: “Clientes com necessidades
especiais, crianças de colo, melhor idade, gestantes e portadores do cartão tal terão preferência etc.”. Num rápido exercício intelectual, concluí que, não tendo necessidades especiais, nem sendo criança de colo, gestante ou portador do dito cartão, só me restava a “melhor idade” – algo entre os 60 anos e a proximidade da morte.

Para os que ainda não chegaram a ela, “melhor idade” é quando você pensa duas vezes antes de se abaixar para pegar o lápis que deixou cair e, se ninguém estiver olhando, chuta-o para debaixo da mesa. Ou, tendo atravessado a rua fora da faixa, arrepende-se no meio do caminho porque o sinal abriu e agora terá de correr para salvar a vida. Ou quando o singelo ato de dar o laço no pé esquerdo do sapato equivale, segundo o João Ubaldo Ribeiro, a uma modalidade olímpica.

Privilégios da “melhor idade” são o ressecamento da pele, a osteoporose, as placas de gordura no coração, a pressão lembrando placar de basquete americano, a falência dos neurônios, as baixas de visão e audição, a falta de ar, a queda de cabelo, a tendência à obesidade e as disfunções sexuais. Ou seja, nós, da “melhor idade”, estamos com tudo, e os demais podem ir lamber sabão.

Outra característica da “melhor idade” é a disponibilidade de seus membros para tomar as montanhas de Rivotril, Lexotan e Frontal que seus médicos lhes receitam e depois não conseguem retirar.

Outro dia, bem cedo, um jovem casal cruzou comigo no Leblon. Talvez vendo em mim um pterodáctilo (que têm os dedos ligados por uma membrana) da clássica boemia carioca, o rapaz
perguntou: “Voltando da farra, Ruy?”. Respondi, eufórico: “Que nada! Estou voltando da farmácia!”. E esta, de fato, é uma grande vantagem da “melhor idade”: você extrai prazer de qualquer lugar a que ainda consiga ir.

Primeiro, a aposentadoria é pouca, quase uma esmola, e você tem que continuar a trabalhar para melhorar as coisas. Depois vem a condução.
Você fica exposto no ponto do ônibus com o braço levantado esperando que algum motorista de ônibus te veja e por caridade pare o veículo e espere pacientemente você subir antes de arrancar com rapidez como costumam fazer.

No outro dia entrei no ônibus e fui dizendo:
- “Sou deficiente”.
O motorista me olhou de cima em baixo e perguntou:
- “Que deficiência você tem?”
- “Sou broxa!”
Ele deu uma gargalhada e eu entrei.
Logo apareceu alguém para me indicar um remédio. Algumas mulheres curiosas ficaram me olhando e rindo.
Eu disse bem baixinho para uma delas:
- “Uma mentirinha que me economizou R$ 3,00, não fica triste não”, foi só para viajar de graça.

Bem… fui até a pedra do Arpoador ver o pôr do sol.
Subi na pedra e pensei em cumprir o ritual que costuma ser feito pelos mais jovens no local. Logicamente velho tem mais dificuldade. Querem saber?
Primeiro, tem sempre alguém que quer te ajudar a subir: “Dá a mão aqui, senhor!!!”
Hum, dá a mão é o cacete, penso, mas o que sai é um risinho meio sem graça.

Sentar na pedra e olhar a paisagem era tudo o que eu queria naquele momento.
É, mas a pedra é dura e velho já perdeu a bunda e quando senta sente os ossos em cima da pedra, o que me faz ter que trocar de posição a toda hora.

Para ver a paisagem não pode deixar de levar os óculos se não, nada vê.

Resolvo ficar de pé para economizar os ossos da bunda e logo passa um idiota e diz:
- “O senhor está muito na beira pode ter uma tontura e cair.”
Resmungo entre dentes: … “só se cair em cima da sua mãe”… mas, dou um risinho e digo que esta tudo bem.

Esta titica deste sol esta demorando a descer, então eu é que vou descer, meus pés já estão doendo e nada do pôr do sol.

Vou pensando – enquanto desço e o sol não – “Volto de metrô é mais rápido…”
Já no metrô, me encaminho para a roleta dos idosos, e lá esta um puto de um guarda que fez curso, sei eu em que faculdade, que tem um olho crítico de consegue saber a idade de todo mundo.

Olha sério para mim, segura a roleta e diz:
- “O senhor não tem 65 anos, tem que pagar a passagem.”
A esta altura do campeonato eu já me sinto com 90, mas quando ele me reconhece mais moço, me irrompe um fio de alegria e vou todo serelepe comprar o ingresso.

Com os pés doendo fico em pé, já nem lembro do sol, se baixou ou não dane-se. Só quero chegar em casa e tirar os sapatos…

Lá estou eu mergulhado em meus profundos pensamentos, uma ligeira dor de barriga se aconchega… Durante o trajeto não fui suficientemente rápido para sentar nos lugares que esvaziavam…

Desisti, lá pelo centro da cidade, eu me segurando, dei de olhos com uma menina de uns 25 anos que me encarava… Me senti o máximo.

Me aprumei todo, estufei o peito, fiz força no braço para o bíceps crescer e a pelanca ficar mais rígida, fiquei uns 3 dias mais jovem.

Quando já contente, pelo menos com o flerte, ela ameaçou falar alguma coisa, meu coração palpitou.
É agora… Joguei um olhar 32 (aquele olhar de Zé Bonitinho) ela pegou na minha mão e disse:
- “O senhor não quer sentar? Me parece tão cansado?”

Melhor Idade ??? – Melhor idade é a puta que pariu !

Preços no seguro do carro

Noticias No Comments »

O seguro de automóvel, como é do conhecimento geral, não tem o mesmo valor não só por causa do modelo, marca e idade, como pelo principal condutor, se tem garage ou não na residência e no trabalho e o índice de roubos na cidade, entre outras variáveis. Mas uma pesquisa realizada pela Minuto Seguros e reproduzida pela revista Exame se fixa no condutor, tendo em conta a idade e o gênero. Assim, uma jovem de 20 anos pode pagar até 69% a mais do que uma mulher de 60 anos. Para homens na mesma faixa etária, a diferença chega a 117%. A faixa dos 20 anos é a que congrega as maiores diferenças de preços. Em alguns casos, os valores pagos por homens e mulheres podem ter uma variação de até R$ 1.000.

Fonte: www.AffonsoRitter.com.br

Remédios serão rastreados

Noticias No Comments »

Até 2016, as embalagens dos remédios deverão conter uma identificação única, capaz de permitir ao usuário saber todo o histórico e localização do produto além se verificar se ele é original e tem procedência legal, evitando assim contrabando e falsificações. As regras finais do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos foram aprovadas pela Anvisa e têm que ser totalmente implementadas em três anos. Para debater a legislação, especialistas estarão reunidos nesta quarta (30) em Curitiba (PR), no III Workshop RDC 54/2013.

Fonte: www.AffonsoRitter.com.br

Condenados vereadores que fizeram turismo com dinheiro público

Noticias No Comments »

Cinco ex-vereadores e um servidor público do Município de Agrolândia foram condenados, em primeira instância, por terem feito inscrição em um seminário na cidade de Foz do Iguaçu (PR) e não terem frequentado todo o curso, apesar de assinarema lista de presença. O fato ocorreu em janeiro de 2006, quando os agentes públicos passaram cinco dias no Paraná e, em vez de participar integralmente do curso, foram flagrados fazendo compras e turismo na região.

Além de devolver o dinheiro das diárias e da inscrição do curso pagas pela Câmara Municipal, com as devidas correções monetárias, e pagar multa de duas vezes o valor do dinheiro usado indevidamente, os réus terão que pagar, cada um, 10 salários mínimos ao Município de Agrolândia por dano moral coletivo.

A indenização por dano moral à cidade, pleiteada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), foi atendida pelo Poder Judiciário porque, na época do crime, a cidade foi exposta em mídia nacional. A Juíza Tatiana Espezim entendeu que os cidadãos de Agrolândia têm direito à honestidade de seus representantes e que essedireito foi violado.

Além da condenação financeira, os ex-vereadores Jonas Cesar Will, Charles Pisk, Amarildo Michels e João Miguel Rodrigues da Costa; e o ex-Presidente da Câmara Lauri Sutil Narciso tiveram suspensos seus direitos políticos por oito anos. Os agentes públicos receberam, no total, R$ 11.741,44 em diárias e mais R$ 1,8 mil pelas inscrições.

Na relação de provas usadas pela Juíza para condenar os réus está o relatório do Tribunal de Contas do Estado, que julgou irregulares as prestações de contas sobre a participação no Seminário; o fato de a autorização das diárias ter sido concedida pelo próprio Presidente da Câmara na época que era um dos beneficiados pelo esquema; os depoimentos dos denunciados e de 15 testemunhas, entre elas o repórter que levou o caso à mídia nacional em 2006; e documentos solicitados aos organizadores do seminário. Outra prova que levou à condenação são as imagens do grupo passando pelo posto da Polícia Rodoviária Federal no horário que deveriam estar no seminário.

Fonte: http://cangarubim.blogspot.com.br/2014/07/condenados-vereadores-que-fizeram.html

Gilmar Luz afirma que pista atlética será concluída

Osório No Comments »

by Gastão Muri

Na sessão desta segunda-feira (28), da Câmara Municipal de Osório, o vereador Gilmar Luz (foto), do PDT, disse na tribuna que a pista atlética, localizada no Centro Olímpico, vai ser entregue em breve para uso. Segundo ele, são apenas cinco metros quadrados da pista que apresentam defeito, o que deverá ser corrigido pela empresa que venceu a licitação para a sua construção. Trata-se de uma pista que, obedecidos os padrões técnicos, será certificada pela Federação Internacional de Atletismo. Ela vai receber reparos nas juntas de dilatação.
DESPERDÍCIO DO DINHEIRO PÚBLICO – Na mesma sessão o vereador Roger Caputi (PMDB) criticou alguns gastos públicos ocorridos sem controle por parte da Prefeitura. Ele citou o caso da ciclovia, obra que custou ao município R$ 1,25 milhões e que agora será desfeita em razão de graves defeitos. “Estes recursos vão fazer falta mais adiante na saúde e educação”, apontou.

Fonte: http://gastao30.wordpress.com/2014/07/29/gilmar-luz-afirma-que-pista-atletica-sera-concluida/

“Digo eu – e vai apenas numa manifestação do vereador ou será uma atitude para cobrar dos responsáveis a perda de tal valor? Se deixarem por isto haverão séria lesão ao erário. E o MP nada tem a dizer? Que vergonha!”

Polícia Civil prende casal por extorsão em Capão da Canoa

Capão da Canoa No Comments »

cana 2

As vítimas estiveram na Delegacia e relataram o crime, tendo sido tomadas as providências imediatas que culminou na prisão dos suspeitos

Agentes da Seção de Investigação da Polícia Civil das Delegacias de Capão da Canoa, litoral norte gaúcho, coordenados pelo Delegados João Henrique Gomes, realizaram na tarde de sábado a prisão em flagrante de um casal por envolvimento no delito de extorsão.

As vítimas estiveram na Delegacia e relataram os fatos, solicitando ajuda, instante em que a equipe de investigação foi acionada e foram tomadas as providências policiais imediatas, que culminou na prisão do casal, que exigia farta quantia em dinheiro das vítimas. O casal foi encaminhado à Delegacia de Capão da Canoa para lavratura de APF e posteriormente encaminhados aos Presídios de Osório e Torres.

Segundo o Delegado Gomes outras ocorrências do mesmo crime foram registradas, sendo que serão apuradas seus envolvimentos. O supervisor da 23ª Região Policial, Delegado Heraldo Guerreiro enalteceu os trabalhos e destacou o apoio incondicional às ações policiais na região.

Recebido via e-mail.

Xangri-Lá é destaque em investimentos em saúde e educação

Noticias No Comments »

by Gastão Muri

Reunindo indicadores sociais publicados por diversas instituições e órgãos públicos, o Ministério Público está divulgando em seu site um relatório do desenvolvimento social dos municípios gaúchos. Os dados referem-se ao volume de investimentos por habitante no ano de 2013.
Estive conferindo este Mapa Social, mais particularmente no que se refere aos municípios do Litoral Norte. Entre eles destaca-se Xangri-Lá, pois ficou em primeiro lugar na região no que se refere a investimentos em saúde. Também se saiu muito bem na área educacional, ficando em segundo lugar. Itati foi o que mais investiu em educação na região.
Osório ficou em segundo lugar no Litoral Norte em investimentos em saúde. Na área educacional ficou em quarto lugar.
Confira abaixo a classificação estadual dos municípios do Litoral Norte:
Arroio do Sal – Educação (281º), Saúde (288º).
Balneário Pinhal – Educação (412º), Saúde (347º).
Capão da Canoa – Educação (340º), Saúde (335º).
Capivari do Sul – Educação (130º), Saúde (113º).
Caraá – Educação (416º), Saúde (464º).
Cidreira – Educação (358º), Saúde (154º).
Dom Pedro de Alcântara – Educação (121º), Saúde (172º).
Imbé – Educação (305º), Saúde (216º).
Itati – Educação (108º), Saúde (114º).
Maquiné – Educação (320º), Saúde (425º).
Mampituba – Educação (205º), Saúde (224º).
Morrinhos do Sul – Educação (147º), Saúde (218º).
Mostardas – Educação (350º), Saúde (253º).
Osório – Educação (136º), Saúde (70º).
Palmares do Sul – Educação (326º), Saúde (236º).
Santo Antônio da Patrulha – Educação (463º), Saúde (394º).
Terra de Areia – Educação (431º), Saúde (454º).
Torres – Educação (348º), Saúde (367º).
Tramandaí – Educação (373º), Saúde (242º).
Três Cachoeiras – Educação (311º), Saúde (310º).
Xangri-Lá – Educação (111º), Saúde (37º).
*Para conferir no site do MP-RS este Mapa Social clique aqui.

Fonte: http://gastao30.wordpress.com/2014/07/29/xangri-la-e-destaque-em-investimentos-em-saude-e-educacao/

“Digo eu – essa é uma notícia auspiciosa, pois essas áreas nem sempre são prioritárias em prefeituras embora devessem ser.”

Setor de Patrimônio de Xangri-Lá: Trabalho Qualificado

Xangri-Lá No Comments »

administração

No dia 18 de Julho de 2014, os Servidores Albano Roth, Anilton Aquino e Carlos Silva, vinculados ao Setor de Patrimônio de Xangri-Lá, participaram do Curso Entendendo o PCASP em Bento Gonçalves-RS. O curso, ministrado pelo especialista em Contabilidade Pública Professor Diogo Duarte Barbosa, além de capacitar servidores do Setor Público para entender a Nova Contabilidade Pública, que agora tem enfoque patrimonial, também tem cunho social, uma vez que não foram cobradas taxas de inscrição para o evento, o requisito para participar do curso foi a doação de dois quilos de alimento por participante. Os alimentos arrecadados foram doados a entidades assistenciais do município serrano. Questionado sobre a importância da participação no curso o servidor Anilton afirma: “A busca pela qualificação é fundamental para que se preste um serviço eficiente para nossa sociedade em especial quando é possível adquirir este conhecimento sem gerar custo para os cofres públicos”.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMX

A PROMISCUA RELAÇÃO DA INDÚSTRIA BÉLICA BRASILEIRA E ISRAEL…

Noticias No Comments »

caça

Por : Alexandre Arienti Ramos

A indústria bélica brasileira nos anos de presidência petista é o tema da dissertação de mestrado em história que estamos elaborando. As investigações indicam uma forte atuação desta indústria no estabelecimento das pautas políticas para o setor, no que tem sido bem sucedida. Poucos sabem, mas nos últimos anos foram aprovadas diversas políticas de incentivo fiscal e comercial para a Indústria Bélica “nacional”. Desde 2005, esta indústria tem voz ativa na Comissão Militar da Indústria de Defesa (CMID), ligada ao ministério da Defesa, atuando por meio de seus representantes no Fórum da Indústria de Defesa (FID), subordinado à CMID.

Como resultado direto da atuação de seus porta-vozes junto ao governo, desde 2010 empresas selecionadas do setor bélico brasileiro têm uma margem de preferência de até 25% sobre o preço dos concorrentes em licitações. Em 2011, somou-se a esta preferência em licitações a isenção tributária em relação ao PIS/PASEP, COFINS e IPI. É marcante, ainda, a presença de empresas do setor bélico entre os financiadores de campanhas e partidos políticos no Brasil.

Para se ter uma ideia, segundo dados do TSE, em 2010, a UTC engenharia destinou recursos da ordem de R$ 8.264.666,00 para financiamento de campanhas eleitorais. Entre os principais partidos atendidos estão o PT, o PSDB, o PMDB e o DEM. A Embraer, no mesmo ano, destinou R$ 1.255.000,00 atendendo principalmente PSDB, PSB e PT. A AGRALE concentrou seus recursos no estado do Rio Grande do Sul, destinando R$ 85.000,00 para campanhas do PT, PMDB, PCdoB, PDT, PSDB e PRP. A fabricante de armas leves TAURUS gastou, no mesmo estado, R$ 215.000,00 com candidatos do DEM, PDT e PT. Poderíamos continuar citando exemplos, mas os casos aqui apontados são suficientes para notar a expressiva presença de empresas do setor entre os financiadores de campanha e a ampla abrangência dos partidos receptores desses recursos, sejam eles a base aliada ou grupos de partidos de “oposição”.

Mas o que tudo isto tem a ver com Israel? Os repetidos ataques de Israel à população palestina têm mais a ver com o Brasil do que se imagina. Grandes empresas bélicas de Israel mantêm íntima relação com suas congêneres brasileiras, prestam diversos serviços e fornecem diversos materiais às Forças Armadas do Brasil.

Em 2003, a Força Aérea Brasileira sentia necessidade de modernizar sua desgastada frota de caças F-5. Para tanto, contratou a empresa “nacional” Embraer para fazer o serviço de modernização em 46 aeronaves. Por não dominar o trabalho com os avançados sistemas eletrônicos de aeronaves de combate, a Embraer subcontratou uma empresa israelense para fazer esta parte dos serviços. Entrava em cena a Elbit e se estabelecia uma parceria que dura até hoje. Como resultado do contrato de modernização de seus aviões F-5 usados, o Brasil recebeu um conjunto de off-sets, gastos no país com desenvolvimento local e transferência de tecnologia a partir da empresa israelense. A principal beneficiária, além da própria Embraer, foi uma empresa chamada AEL, antiga Aeroeletrônica.

No entanto, essa empresa já havia sido comprada pelo mesmo grupo israelense. Ou seja, trata-se do típico e recorrente caso de se transferir tecnologia para si mesmo, ou da matriz estrangeira para a subsidiária “filial” local. O controle sobre o capital e sobre a tecnologia continuou sendo israelense, agora maquiado de brasileiro. Além do contrato de modernização dos F-5 da Força Aérea, foi firmado em 2012 um contrato semelhante, orçado em R$1,3 bilhão, para modernizar os jatos de ataque A-1 ou o conhecido AMX da Força Aérea, envolvendo as mesmas EMBRAER e AEL.

Israel fornece, ainda, veículos aéreos não tripulados (VANT) ao Brasil. Outra empresa israelense, a IAI, Israel Aerospace Industries, entregou em 2010 dois aparelhos à Polícia Federal em contrato estimado em R$80 milhões. A Elbit, por sua vez, forneceu em 2013 dois VANTs à Força Aérea, ao custo de R$ 48 milhões. A mesma Elbit, presente aqui por meio de sua subsidiária AEL, formou uma joint venture com a Embraer em 2011 visando o desenvolvimento de um VANT “nacional”. As duas abocanharam o projeto Falcão da Avibras, que então atravessava um período de dificuldade financeira, quando ela entrou na parceria. Este avião, equivalente ao planejado pelas gigantes, já se encontrava em estado avançado de projeto.

A empresa que formaram se chama Harpia, e tem controle acionário da Embraer, 51%, secundariamente da AEL, 40%, e por último da Avibrás, com 9%. Ou seja, a empresa mais “brasileira” do grupo foi visivelmente lesada ante a capacidade financeira das parceiras Embraer e Elbit.

É relevante, ainda, a participação da mesma dupla Embraer-AEL/ELBIT no desenvolvimento da aeronave KC-390, que será a espinha dorsal da logística aérea das Forças Armadas brasileiras nos próximos 30-40 anos. Também existem negociações para repetir a dupla no desenvolvimento da participação brasileira, no recém encomendado Gripen, aeronave de caça que venceu o processo F-X2.

Falamos apenas da atuação israelense nos projetos de aeronaves. Além disso, a AEL atua no ramo de satélites, sensores, comunicação e simuladores para as forças armadas brasileiras. Sua “parceira” Elbit já comprou outras duas empresas brasileiras do setor bélico, a Periscópio Equipamentos Optronicos e a Ares Aeroespecial e Defesa, aumentando o seu portfólio de atividades no país. A mesma AEL fornecerá as torres automatizadas para o novíssimo blindado “brasileiro” fabricado pela IVECO/FIAT, cuja encomenda prevista hoje é de 2044 unidades nos próximos 20 anos.

Em 2013, a empresa israelense Global Shield forneceu a preço 70% abaixo da tabela 8 veículos blindados para o BOPE e a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil, no Rio de Janeiro. Estes veículos foram fornecidos a preço tão baixo sob a justificativa de que a cidade funcionaria, por causa dos grandes eventos, como um estande de exposição de produtos de segurança para o mundo. Este conjunto de operações israelense-brasileiras no campo armamentista não esta desconectado do mundo. Faz parte de um conjunto mais amplo de fusões, aquisições e formação de imensas massas de capital aplicado na pesquisa, produção e consumo de máquinas de morte.

Israel é um dos países de onde se origina parte considerável dos recursos investidos na indústria bélica brasileira, tendo controle acionário em pelo menos três empresas no Brasil. A atuação de suas empresas aqui, para além de promover qualquer benefício tecnológico imaginável ou qualquer desenvolvimento local de máquinas de morte que em algum desvario possa ser considerado desejável, responde à lógica de valorização de seu próprio capital e nisso atua de modo associado às empresas ditas brasileiras.

Portanto, sim, a Força Aérea de Israel ataca palestinos com armas que ajudamos a pagar, desenvolver e vender, na medida em que financiamos com negócios que, numa aproximação conservadora razoavelmente precisa, ultrapassaram R$1 bilhão nos últimos 12 anos.

Alexandre Arienti Ramos é mestrando em História pela UNIOESTE.

Fonte: http://www.abdic.org.br/index.php/365-a-promiscua-relacao-da-industria-belica-brasileira-e-israel

Ruas asfaltadas em Xangri-Lá começam a ser recuperadas

Xangri-Lá No Comments »

asfalto

No inicio desta semana a Prefeitura de Xangri-Lá, através da Secretaria de Obras iniciou a recuperação das Ruas e Avenidas asfaltadas do Município.
O trabalho de revitalização do asfalto em Xangri-Lá começou no Centro de Atlântida com uma equipe recuperando o entorno do “Centrinho”, enquanto a outra equipe estava trabalhando no corte do asfalto na Avenida Paraguassú nos bairros Noiva do Mar, Arpoador e Marina.
Será realizado o trabalho de revitalização do asfalto em toda a Avenida Paraguassú do Município, além de algumas ruas de calçamento que também serão asfaltadas nos próximos meses.
“Estamos trabalhando bastante para recuperarmos as ruas do nosso Município, temos uma empresa realizando a recuperação das ruas de calçamento e a nossa equipe da Secretaria de Obras que esta revitalizando o asfalto, assim vamos recuperar a malha viária do nosso Município”, destacou o Prefeito.

Fonte: Assessoria de Imprensa PMX

WP Theme & Icons by N.Design Studio
Entries RSS Comments RSS Login