Praia de Xangri-Lá

Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

HUGO RAFAEL CHÁVEZ FRIAS

 

 

Foi Presidente eleito da Venezuela. Filho de pais mestiços e nascido pobre vislumbrou possibilidade de estudar ingressando na carreira militar.

Chegou a patente de Coronel.

Alcançou a Presidência da República da Venezuela e enfrentou a resistência dos poderosos que por serem ricos davam as cartas e jogavam de mão.

Caracas a capital da Venezuela é uma cidade pela topografia parecida com o Rio de Janeiro e tem os seus morros tomados por favelas.

Chávez foi reconduzido a um segundo mandato pelo voto popular o que desagradou aos poderosos senhores do capital, os quais deram um golpe de Estado e colocaram Chávez como preso político em uma Fortaleza Militar.

Tal não passou de dois dias visto que o povo foi às ruas e os golpistas borraram as calças colocando Chaves em liberdade.

Ele reassumiu a Presidência e nada fez num primeiro momento contra os golpistas ou bandidos como prefiro dizer.

Havia lá uma poderosa emissora de TV, a Globo Vision, parecida com a Rede Globo daqui.

Pouco tempo depois do golpe a concessão de tal empresa venceu e Chávez simplesmente não renovou a concessão de forma que a GLOBO VISION ficou com todas as suas instalações, porém sem os CANAIS DE TELEVISÃO.

O golpe custou muito caro aos bandidos golpistas.

Chávez investia muito nas favelas e num dos programas governamentais surgiu um jovem músico, DUDAMEL, maestro que acredito que hoje ainda viva na Europa.

 

Mônica Bergamo detona Augusto Nunes: não vê que é asqueroso?

“Deixe de usar crianças e pessoas mortas para atingir quem você não gosta, Augusto Nunes. Não percebe que isso é asqueroso?”, disse a jornalista Mônica Bergamo, rebatendo Augusto Nunes, que usou os filhos para agredir Glenn Greenwald e a família para também atacar Lula

Share to WhatsAppShare to MessengerShare to Mais…

247 – O jornalista Augusto Nunes voltou às redes sociais para falar sobre os parentes mortos do ex-presidente Lula, só que desta vez para atacar Mônica Bergamo e levou uma invertida da jornalista da Folha.

“Deixe de usar crianças e pessoas mortas para atingir quem você não gosta, Augusto Nunes. Não percebe que isso é asqueroso?”, disse a jornalista em referência aos ataques que Nunes fez usando os filhos do jornalista Glenn Grennwald, do The Intercept, e seu marido, o deputado David Miranda (PSOL-RJ), e o tuíte em que ele diz que  Lula não teria pensado em visitar os túmulos de seus familiares, como Marisa, Vavá e Arthur, antes de fazer seu discurso em frente a sede da Polícia Federal em Curitiba. Os parentes de Lula foram cremados, ou seja, não há túmulos.

A mensagem de Mônica Bergamo foi em resposta ao tuíte de Nunes: “A porta-voz @monicabergamo garante: Lula não visitou os túmulos dos parentes mortos durante a temporada na cadeia pq “eles foram cremados”. A família do irmão Vavá informa: o corpo de Genival Inácio da Silva foi sepultado no Cemitério Pauliceia, em S. Bernardo do Campo”, escreveu.

Copiado de:  https://www.brasil247.com/midia/monica-bergamo-detona-augusto-nunes-nao-ve-que-e-asqueroso?utm_source=notification-mobile&utm_medium=notification

O RIO GRANDE DO SUL CHEGOU AO FUNDO DO POÇO

 

 

 

Jamais havia imaginado que o Poder Legislativo do meu Estado se curvaria a um patife e arrogante como esse “Catarina”, conhecido $ONEGADOR DE TRIBUTOS e baba ovo daquele maldito país, o dos senhores do norte que nem mesmo nome próprio tem e está localizado ao norte do México e sul do Canadá e onde há dois tipos de cidadãos que são os AMERICANOS, os bem branquinhos e os AFROAMERICANOS que são todos os não bem branquinhos.

País que hoje dá ordens a isto que dizem ser um Governo Federal.

O meu Estado natal já foi um Estado que orgulhava sua cidadania e hoje está vergonhosamente curvado  patifes como esse asqueroso Catarina.

O programa do Paulo Sergio chegou ao fundo do poço

 

 

Hoje lá está aquele CATARINA, ordinário, $onegador de TRIBUTOS, apaixonado por uma “estalta” que tem naquele país de merda, ao norte do México e sul do Canadá e que nem mesmo nome próprio tem.

O tal CATARINA, nojento como nenhum outro sujeito na face do planeta está lá trajando a “fantasia gáucha”, aquela que os da RB$ tão bem usam para tomar tanto quanto podem do povo tolo de nosso Estado.

Realmente a TV Pampa tem como objetivo apenas e tão somente faturar, não importando o restante

Indenização a juiz que Gilmar chamou de ‘ignorante’ é mantida

Gilmar Mendes chamou Marcos Josegrei da Silva de “ignorante, sem qualificação, imbecilizado, analfabeto voluntarioso, inimputável e estrupício”
Indenização a juiz que Gilmar chamou de 'ignorante' é mantida
Notícias ao Minuto Brasil

18/11/19 13:40 ‧ Há 1 min por Estadao Conteudo

Política Paraná

A 1ª Turma Recursal da Justiça Federal do Paraná decidiu manter a condenação da União pelas críticas do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, ao juiz Marcos Josegrei da Silva, responsável pela Operação Carne Fraca. A relatora da ação, a juíza Márcia Vogel Vidal de Oliveira, considerou ofensivas as palavras de Gilmar, que chamou Josegrei de “ignorante, sem qualificação, imbecilizado, analfabeto voluntarioso, inimputável e estrupício”.

Para Márcia, o ministro tinha o objetivo de constranger o juiz publicamente, “atingi-lo em sua dignidade”. Os magistrados da 1ª Turma acompanharam de maneira unânime o entendimento da relatora.

Os juízes analisaram, no dia 7 passado, um recurso da União contra sentença de primeira instância, dada em maio, que determinou que a União pagasse R$ 20 mil ao juiz da Carne Fraca.

No julgamento, os magistrados consideraram o valor suficiente para reparar o dano causado a Josegrei, mas acolheram em parte a apelação da União com relação à incidência dos juros sobre o montante da condenação

A decisão foi reformada para registrar que a indenização deverá ser corrigida com juros simples de 0,5% ao mês desde a data da “última ofensa”, 14 de agosto de 2018 – e não com juros de 1% ao mês como o juízo de primeiro grau havia determinado.

No recurso ao colegiado, a União alegava que não havia responsabilidade do Estado pelo ato de Gilmar Mendes por causa da “plena liberdade funcional dos magistrados no desempenho de suas atividades”, e por não ter sido demonstrado erro judiciário ou conduta dolosa ou fraudulenta do magistrado.

Segundo a União, as críticas do ministro foram feitas apenas quanto à atuação profissional de Josegrei, “não abrangendo a sua vida privada”.

A juíza Márcia Vogel, no entanto, registrou que, ao contrário do alegado pela União, a liberdade funcional dos juízes no desempenho de suas atribuições jurisdicionais não é absoluta. “Quaisquer comentários impertinentes à causa analisada pelo magistrado e que ofendam a honra das pessoas envolvidas no processo não encontram guarida no ordenamento jurídico”, advertiu.

A magistrada registrou ainda que as críticas de Gilmar Mendes foram “desrespeitosas” e feitas “à margem de conteúdo ou técnica jurídica”, “extrapolando” a linguagem formal do Poder Judiciário.

Márcia diz que a situação foi agravada pelo fato de os julgamentos do STF serem “amplamente divulgados por diversos meios de comunicação em todo o país”.

Com relação à responsabilidade do Estado, Márcia considerou que Gilmar praticou a conduta prevista tanto na Lei Orgânica da Magistratura (Loman), de 1979, quanto no Código de Processo Civil, atuando, “no mínimo, de modo temerário” ao divulgar “informações inverídicas a respeito da Operação Carne Fraca para o específico fim de depreciar a atuação de seus agentes”.

“O magistrado da Suprema Corte proferiu o seu voto mencionando que as investigações teriam por objeto a venda de ‘carne com papelão’, aproveitando a oportunidade para dirigir uma série de palavras ofensivas ao autor, condutor da Operação, visando desqualificar não apenas o seu trabalho, mas, sobretudo, a sua pessoa.”

A Carne Fraca foi deflagrada, em 2017, para investigar suposto esquema de fraudes no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento envolvendo alguns dos maiores frigoríficos do País.

Copiado de:  https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/1134348/indenizacao-a-juiz-que-gilmar-chamou-de-ignorante-e-mantida?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=1134348

A RB$ me faz gargalhar mesmo diante um fato lamentável

 

 

Nessa madrugada uma jovem foi vítima de LATROCÍNIO na Rua da República. E um repórter e também um dos presentes ao estúdio falam pelas tripas.

Antes dele se manifestar foram ouvidos vários desses guardas, incluindo-se aí um “coroné” que agora, durante o dia estão todos eles penso que lá para serem ouvidos pelos “ripórti” dessa emissora.

Dormem durante a noite e durante o dia se postam nos locais de crimes consumados para aparecerem na TV e o povo idiotizado por essa emissora acredita que esses “guardas” trabalham.

Não sei quem é pior, se essa emissora ou se esses guardas descarados.

 

Macri sabia de golpe na Bolívia e daria asilo a Camacho caso levante fracassasse

18 de novembro de 2019, 12h02

Presidente da Argentina soube de golpe na Bolívia com seis dias de antecedência

Reprodução/Twitter

Segundo reportagem do jornal El Cohete a la Luna, publicada neste domingo (17), o presidente da Argentina, Mauricio Macri, soube com uma semana de antecedência que Luis Fernando Camacho, líder da extrema-direita na Bolívia, comandaria um golpe de Estado no dia 10 de novembro para forçar Evo Morales a renunciar. Ainda, Camacho teria pedido asilo ao presidente argentino caso a tentativa de golpe fracassasse.

A matéria revela que Camacho esteve em reunião com representantes diplomáticos de diferentes consulados, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, no dia 4 de novembro. A reunião teria sido convocada por Camacho, que, neste encontro, teria pedido ao governo de Macri asilo no consulado argentino caso sua investida, que ele chama de “insubordinação civil”, fracassasse.

Neste encontro, Camacho ainda teria dito que, 48 horas depois, as Forças Armadas entrariam na casa do governo. Tal informação chegou ao Ministério das Relações Exteriores argentino, comandado por Roberto Dupuy, que procurou dissuadir o líder do golpe de que a investida seria uma “loucura”.

A partir dessa tentativa de contenção, protagonizada pelos consulados presentes na reunião, as Forças Armadas teriam adiado a data de intervenção no governo boliviano. Inicialmente, a invasão na casa de Evo seria no dia 6, mas só se concretizou no domingo, dia 10.

Copiado de:  https://revistaforum.com.br/noticias/macri-sabia-de-golpe-na-bolivia-e-daria-asilo-a-camacho-caso-levante-fracassasse/?utm_source=notificacaopush&utm_medium=onesignal

Primeiro ano de Bolsonaro e Guedes provoca saída recorde de dólares do Brasil

Embora prometessem trazer de volta a confiança ao país, Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes (Economia) provocaram o efeito inverso com um governo incapaz de gerar crescimento. Segundo dados oficiais, a fuga de capitais do Brasil em 2019 é a maior da história: o fluxo cambial em outubro ficou negativo em US$ 8,49 bi, elevando o déficit no ano a US$ 21,46 bi

Share to WhatsAppShare to MessengerShare to Mais…

(Foto: Reuters | Carolina Antunes/PR)

247 – O fluxo cambial em outubro ficou negativo em US$ 8,49 bilhões, elevando o déficit no ano a US$ 21,46 bilhões. O número já é maior que os US$ 16,18 bilhões registrados em 1999, até então o pior ano da série histórica do Banco Central, iniciada em 1982. Os dados publicados pelo jornal Valor Econômico refletem a incapacidade de Jair Bolsonaro e o ministro Paulo Guedes (Economia) de atrair investidores em quase um ano de governo.

Alguns fatores explicam o fracasso do Brasil no fluxo cambial, como queda das receitas com exportações. O resultado também foi atingido pelos juros baixos e pelas incertezas na guerra comercial entre Estados Unidos e China. Outro detalh é que as empresas aproveitaram a queda do juro e o crescimento do mercado doméstico de debêntures para captar recursos e pagar compromissos no exterior.

Exportadores optaram, ainda, por manter parte de suas receitas fora do País com o objetivo de pagar suas operações e amortizações ou antecipar o pagamento de dívidas em moeda estrangeira. Foi o caso, por exemplo, da Petrobrás, que responde por grande parte da dívida corporativa brasileira no exterior. De acordo com dados fornecidos pela estatal, foram gastos US$ 14,72 bilhões entre pré-pagamentos, recompras de bonds e amortizações no exterior.

As estatísticas demonstram, que apesar de Bolsonaro e Guedes, adotarem o entreguismo como um dos princípios para guiarem o Brasil, os dois ainda são incapazes de atrair investidores. Sem mercado consumidor aquecido, com empregos precários e corte de direitos trabalhistas, e uma economia estagnada, a confiança de retorno de investimentos não alavanca.

Copiado de:  https://www.brasil247.com/economia/primeiro-ano-de-bolsonaro-e-guedes-provoca-saida-recorde-de-dolares-do-brasil?utm_source=notification-mobile&utm_medium=notification

Tratados como “trouxas” por Bolsonaro, caminhoneiros articulam greve

18 de novembro de 2019, 08h23

Insatisfação da categoria vem após o governo colocar novamente em vigor a tabela do frete, suspensa desde julho

Foto: Divulgação

Depois que o governo de Jair Bolsonaro voltou a colocar em vigor a tabela do frete, suspensa desde julho, caminhoneiros voltaram a se articular em grupos de WhatsApp para planejar nova greve geral ainda este ano. Trabalhadores se sentem traídos e dizem que Bolsonaro os tratou como “trouxas”.

Em áudio enviado pelo líder Marconi França aos colegas, ele afirma que o governo só tinha suspendido a tabela para “ganhar tempo”. Outra liderança, Ronaldo Lima, também compartilhou no grupo de WhatsApp mensagens enviadas ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, dizendo que houve covardia e falta de interesse em negociar do governo.

Muitos caminhoneiros consideram que a retomada da tabela evidencia o fim do impasse entre governo e categoria, o que só poderia ser novamente articulado através de greve. Outros afirmam que a solução seria uma maior frequência em audiências públicas que tratam dos pisos, com o objetivo de conseguir um melhor cálculo na atualização deles em 2020.

A nova resolução do governo põe em vigor novamente os pisos da tabela do meio do ano, que foram considerados baixos pelos caminhoneiros, mas agora com a premissa de que os valores apontados contemplam apenas os custos do transporte e uma margem de lucro deve ser negociada entre os autônomos e as empresas que contratam o frete.

Com informações do Painel S/A, da Folha de S.Paulo.

Copiado de:   https://revistaforum.com.br/noticias/tratados-como-trouxas-por-bolsonaro-caminhoneiros-articulam-greve/?utm_source=notificacaopush&utm_medium=onesignal

Televisão informa mesmo?

 

 

Até pode ser, mas não necessariamente em nosso país. Temos sim uma emissora de televisão séria que é a TV Cultura de São Paulo.

Arrisco dizer que é a única emissora realmente respeitável.

Nessa noite a TV Globo colocou no ar seu programa intitulado de FANTÁSTICO.

Faz alguns minutos que eles veicularam matéria sobre vigarice praticada por expressivo número de Vereadores que fazem turismo estimulados por empresas de vigaristas que inventam cursos os mais variados o que leva tais Vereadores a fazerem turismo com recursos das Câmaras Municipais.

Lembro que faz por certo já uma década que divulguei tal comportamento discutível que era feito por Vereadores de Xangri-Lá.

Naquela época num dos ditos cursos eles haviam viajado até Foz do Iguaçu. Óbvio que foram passear e fazer compras com o dinheiro dos contribuintes.

Algum tempo depois outro curso foi realizado no arquipélago de Fernando de Noronha.

Denunciei aqui no blog tal falta de respeito e vergonha na cara.

Pouco tempo depois um gringo e sempre eles, o senhor Gilberto Tarasconi, enquanto Vereador e Presidente do Legislativo de Xangri-Lá teve uma atitude respeitável e que obviamente elogiei.

Promoveu ele um desses cursos, porém realizado nas dependências do próprio Poder Legislativo e com o dinheiro não jogado fora promoveu uma reforma no prédio assim como trocou todos os móveis.

Infelizmente nascidos machos nesse país há muitos, mas que honrem aquilo que trazem no escroto são poucos e hoje, mais do que nunca, com a Internet e diversos meios dentre os quais o Face Book parece que poucos, muito poucos se prestam a divulgar condutas absurdas.

Prezados internautas, temos hoje mais do que nunca poderosas ferramentas disponíveis e que nos permitem cobrar respeito de Vereadores, Prefeitos que estão bem próximos de nós.

Mas podemos da mesma forma cobrar de deputados estaduais, federais e por aí vai.

Ainda não nos foi tirado o direito a manifestação o que penso seja desejo dessa “famiglia” que num descuido de alguns milhões tomou conta de nosso país e que estão demonstrando que governam aos interesses dos senhores do Norte e Oriente que são os mesmos senhores do Capital.

Abram os olhos enquanto ainda é tempo, vez que depois não haverá mais oportunidade de cobrar coisa alguma sob pena de prisão tal como ocorreu o período negro que sucedeu 1964.

Page 1 of 4781

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén