Inicialmente deixo claro aos leitores que jamais votaria nesse guri grande que hoje ocupa o cargo de Prefeito de minha cidade natal. Eu sabia que ele não passava de um demagogo que infelizmente conseguiu iludir a um eleitorado incauto.

O IPTU precisa de uma periódica revisão por que as cidades com o passar do tempo mudam sua feição. Áreas que trinta anos passados eram ocupadas em sua maioria, por exemplo, por residências acabam ocupadas por indústrias e comércio. As residências continuam ali, mas obviamente com MENOR valor venal.

A revisão periódica da planta de valores se impõe e não se destina        necessariamente a elevar o valor de imóveis residências como venho  ouvindo ser dito em meios de comunicação.

Na TV Pampa tanto o Paulo Sergio Pinto quanto o advogado Victorino se mostram indignados com tal iniciativa da Prefeitura. Estabelecida a nova planta genérica de valores haverá imóveis cujos valores venais serão elevados e outros cujo valores venais cairão e até mesmo muito.

Há ainda outro recurso que permite a elevação do valor do IPTU sobre  lotes vazios em áreas nobres em que lotes deixam de servir à sua         destinação e viram instrumento de ‘investimento’. Isto, gostem ou não    dificulta o desenvolvimento harmônico de uma cidade. Por isto há lei que permite seja dobrado o percentual de IPTU em tais casos.

Lamento que as pessoas formem juízos e mesmo manifestem                  inconformidade quando ainda não sabem o que realmente está ocorrendo.