E aquele sujeito que tem por hábito evacuar pela boca diuturnamente sai em defesa de Macri.

Os argentinos são vítimas de uma verdadeira fraude, pois Macri é filho de um mafioso italiano que foi expulso da Maçonaria e junto com outros cidadãos com comportamento semelhante ao dele criaram uma Loja Maçônica mais fria do que bunda de pingüim, Loja denominada de P2.

Ali ele e seus ‘parças’ passaram a lavar dinheiro da máfia americana junto com o Banco do Vaticano que assim compravam incontáveis imóveis por toda a Europa.

O que Macri fez de positivo mesmo, foi detonar os nativos de origem indígena que viviam na Patagônia e assim “oropeos” compraram centenas de milhares de hectares de terras extremamente férteis onde começam a produzir alimentos que obviamente vão torná-los ainda mais ricos do que são.

E os nativos, qual o destino deles? Isso ao Macri e ao maldito Capital pouco ou nada importa.

Óbvio está que na eleição que se aproxima na Argentina Macri e sua corja vão levar um tremendo pé na bunda para tristeza do boca suja lá em Brasília.

O povo pode ser iludido uma vez tal como ocorreu aqui, mas acaba despertando