13 DE JULHO DE 2019, 09H41

Dilma Jane enfrentava problemas de saúde que se acumulavam, de embolia pulmonar a um AVC isquêmico transitório

Foto: Arquivo de Família

Faleceu na manhã deste sábado (13), em Belo Horizonte, Dilma Jane, mãe da ex-presidente Dilma Rousseff. Aos 95 anos, Dilma Jane enfrentava problemas de saúde que se acumulavam, de embolia pulmonar a um AVC isquêmico transitório.

A ex-presidenta Dilma Rousseff está em Londres no momento.

Nascida em 1924, Dilma Jane foi casada com o imigrante búlgaro Pétar Russév que era funcionário da siderúrgica Manesmann, quando Dilma Jane era professora. A família fixou-se em Belo Horizonte e a morte do pai impediu Dilma de fazer uma festa de début em sociedade aos 15 anos.

Dilma Jane sofria de problemas de saúde já há alguns anos e nem sequer soube do impeachment da filha, em 2016. Ela morou com a filha no Palácio da Alvorada, residência oficial em Brasília, desde 2011, quando Dilma assumiu a Presidência da República.

Em 2015, teve um ataque isquêmico transitório, que é como um sinal de alerta do corpo de que um Acidente Vascular Cerebral (AVC) pode ocorrer. Quando o paciente sofre esse problema, é porque uma artéria que leva sangue para o cérebro entope. Entre os sintomas, semelhantes aos do AVC, estão fraqueza em um dos braços ou uma das pernas, dormência em um lado do corpo, fala enrolada ou perda repentina da visão de um dos olhos.

Copiado de:  https://revistaforum.com.br/urgente-morre-a-mae-da-ex-presidenta-dilma-rousseff/