Praia de Xangri-Lá

Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

Author: jloeffler (Page 1 of 4283)

Zero Hora hoje na capa de sua edição impressa faz humor  

 

 

Ali está dito que INTERVENÇÃO NO RIO DEVE IR A VOTAÇÃO HOJE NA CÂMARA.

 

Os não tão mal informados sabem que nossos Congressistas tem por hábito de voarem para Brasília nas manhãs das terças-feiras e lá cumprindo expediente até o final das manhãs das quintas-feiras quanto então embarcam em aviões rumando aos seus Estado.

Assim esses folgados “trabalham na tarde de terça-feira, quarta-feira em tese o dia todo e já na quinta-feira apenas pela manhã.

Isto penso que me autoriza a dizer que salvo eventuais exceções temos no Congresso Nacional cerca de SEISCENTOS VAGABUNDOS.

 

Jornal revela que Neymar tinha contrato exclusivo com a TV Globo

Isto explica muitos comportamentos dentro da seleção nacional de ludopédio. “Foncionária” da Globo tinha livre acesso a concentração da CBF onde levava rosas e dava algo mais a esse boleiro. Isto explica por que Felipão, o durão, foi tão bonzinho naquela época e ao final e ao cabo permitiu a muitos que ainda não haviam despertado compreender por que perdemos a Copa do Mundo com aquela derrota vexatória.

O ludopédio é podre em suas entranhas. Jarbas Lima, homem livre e de bons costumes em rápido encontro que tivemos em Lajeado, já faz um bom tempo, disse-me que havia abandonado Brasília por que aquilo lá revoltava seu estômago. Não foram bem essas as palavras, mas o sentido foi este.

Jarbas assumiu a Presidência de clube de ludopédio em nosso Estado e dali saiu literalmente correndo devido a podridão que reina em tal esporte. Esse esporte está tomado pelo que há de pior no seio social. Não são poucos os oportunistas para não usar expressão mais pesada que se fizeram na vida usando os clubes de ludopédio.

Um de nossos clubes conseguiu felizmente encontrar alguém digno e hoje está em fase de recomposição, mas o outro ainda vai penar por mais um tempo.

O Editor

 

O vínculo do jogador com a emissora foi assinado em 2014 e durou até 2015

Jornal revela que Neymar tinha contrato exclusivo com a TV Globo
Notícias ao Minuto Brasil

HÁ 21 MINS POR NOTÍCIAS AO MINUTO

ESPORTE TELEVISÃO

Ojornal Folha de S. Paulo revelou nesta segunda-feira (19) que Neymar e o Grupo Globo mantiveram um contrato de exclusividade durante a Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil. O vínculo entre o jogador e a emissora carioca durou pelo menos até 2015.

Entre as obrigações estabelecidas, estavam previstas participações de Neymar em programas da Globo, conforme a própria emissora confirmou ao jornal.

“O contrato citado não existe mais. Firmado em 2014, referia-se a participações especiais de Neymar em programas e em campanhas da emissora, bem como ao uso de conteúdos audiovisuais produzidos pelo jogador”, disse o departamento de comunicação da Globo à Folha.

O valor do acordo entre Globo e Neymar não foi divulgado. O jogador, que na época estava no Barcelona, não quis comentar o vínculo com a emissora. Vale ressaltar que o contrato permitia que o craque falasse com outros órgãos de comunicação. Mas o canal carioca tinha preferência e regalias.

Durante o contrato com a Globo, Neymar foi ao “Domingão do Faustão”, em maio de 2014, e ainda enviou alguns vídeos que foram exibidos em outros programas, como uma homenagem ao cantor “Thiaguinho”.

Ney ainda falou com exclusividade ao “Esporte Espetacular” duas vezes, e recebeu Luciano Huck em sua casa em Barcelona, para o “Caldeirão do Huck” e atendeu o “Fantástico”. Isso tudo em 2014. Já em 2015, o craque participou de um quadro do “Globoesporte” em São Paulo e fez uma participação especial na novela “A Regra do Jogo”.

Copiado de:  https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte/530019/jornal-revela-que-neymar-tinha-contrato-exclusivo-com-a-tv-globo?utm_source=notification&utm_medium=pushesporte&utm_campaign=530019

GLOBO PUBLICA EDITORIAL COMO O DE 1964, APOIANDO A INTERVENÇÃO DO RJ.

Temer diz que acaba com a intervenção “se houver votos para a Previdência”

Redação Pragmatismo

MICHEL TEMER17/FEB/2018 ÀS 00:12COMENTÁRIOS

Presidente Michel Temer deixa escapar que intervenção no Rio de Janeiro é um movimento que tem como pano de fundo a aprovação da Reforma da Previdência

Temer acaba intervenção votos para a Previdência

Raquel Alves e Bruna Borges, JOTA

O presidente Michel Temer decidiu insistir na votação da Reforma da Previdência. Ainda sem votos para conseguir a aprovação da PEC 287/16, Temer disse que pedirá o fim da intervenção federal no Rio de Janeiro para assegurar a deliberação no plenário da Câmara tão logo reúna condições regimentais – votos – para aprovar a proposta de emenda constitucional.

Decidimos ontem à noite com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), pela continuidade da Reforma da Previdência. Quando houver votos, farei cessar a intervenção”, afirmou após assinar o decreto para a intervenção federal no Rio de Janeiro destinado a vigorar até o fim de seu mandato.

A declaração de que pretende “fazer cessar” a intervenção é uma alternativa encontrada para por fim à polêmica instalada no Executivo e Legislativo sobre o futuro da reforma. Inicialmente, a ideia era “suspender” os efeitos da intervenção temporariamente, algo que no entendimento de técnicos legislativos ouvidos pelo Jota só poderia ser feito pelo Congresso Nacional mediante a edição de um novo decreto legislativo, proposto pelo presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Leia também:
Mídia internacional diz que intervenção militar de Temer é “manobra sombria”
O que é a intervenção militar no Rio de Janeiro?
Bolsonaro critica “intervenção militar branda” no Rio de Janeiro
Intervenção militar no Rio serve bem aos que gostam de brincar de guerra

Se garante uma saída legal para votar a reforma – quando houver votos – o “fazer cessar” a intervenção federal deixa em aberto o risco de judicialização futura de uma reforma da Previdência aprovada pelos deputados e senadores ao longo de 2018. Isso porque o texto constitucional diz que a Constituição Federal não pode ser alterada enquanto vigorar uma intervenção federal.

O dispositivo divide os técnicos legislativos. Há quem argumente que o Congresso pode discutir e votar a reforma – se houver votos – e apenas esperar pelo fim da intervenção federal para promulgar a emenda constitucional que altera a Carta Magna. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é simpatizante da ideia de seguir ao menos com os debates sobre a reforma e encontrar uma saída legal para colocar a PEC 287 em votação no momento imediato em que os 308 votos mínimos estiverem assegurados. “O debate continua. Se tiver votos, a gente pensa em como fazer”.

No entanto, servidores com larga experiência em votações – próximos a Temer e a Rodrigo Maia – rechaçam até mesmo a possibilidade da reforma ser discutida. “No meu entendimento, nem a discussão é permitida porque já faz processo legislativo”, afirma um técnico. “É burlar claramente a Constituição e vai dar problema lá na frente porque quem tem a palavra final nesse país não é o Congresso”, continua outro servidor.

Para este grupo, a limitação também valeria para outras PECs que tramitam em caráter ainda preliminar como é o caso da PEC do Foro Privilegiado (PEC 333/17) – que espera pela instalação da comissão especial para ter o mérito discutido pelos deputados.

PEC da Reforma da Previdência está pautada para dia 20, mas Rodrigo Maia já admitiu que não haverá ambiente político para a discussão por causa da deliberação do decreto da intervenção federal. Com isso, o “calendário” fica adiado para a última semana de fevereiro. “E esse é o limite. A base não está confortável para votar a partir de março. O primeiro turno tem que ser em fevereiro. Tem que ter voto em fevereiro”, sentenciou Rodrigo Maia.

Copiado de:  https://www.pragmatismopolitico.com.br/2018/02/temer-intervencao-votos-para-a-previdencia.html?utm_source=push&utm_medium=social&utm_campaign=artigos

Parece que nos meios políticos e de comunicação militam apenas cegos e idiotas

 

 

Todos, todos mesmo imputam nossos problemas ao PT. Ocorre que o PT não governou nosso país desde a chegada dos portugueses. Desonestidade parece ser em nosso país a maior do mundo. Poucos se salvam realmente, pois quem estaciona em espaços destinados a idosos ou deficientes é DESONESTO. Quem deixa de pagar o condomínio, fazendo assim as despesas do mesmo recaírem sobre os demais é DESONESTO.

Quem cai na vigarice que é a propaganda e vai as lojas comprando em prestações coisas que não são essenciais e depois não pode pagar é DESONESTO. DESONESTO igualmente o comerciante que seduz o comprador assim como o banqueiro que através do comerciante faz com que o consumidor aceite um cartão de crédito. Desonestos, assim, penso sejamos quase todos nós.

DESONESTOS esses picaretas, donos de igrejas, como Macedo e todos os demais que induzem os idiotas a entregarem a “déus” o que dispõem e até um pouco mais vendendo aos mesmos aquilo que jamais entregarão.

Estes, das ditas igrejas não são somente DESONESTOS, são creiam os piores bandidos que agem livremente em todo o território nacional. Esses bandidos e desonestos já estão tomando o Congresso Nacional de assalto e até pouco tempo passado eram chefiados pelo pior bandido dentre eles, o tal CUnha.

Se o dito Estado Islâmico é ruim para a humanidade, pior ainda esse Estado que eles estão tentando implantar aqui e não vejo ninguém, ninguém mesmo com saco roxo, o mais roxo possível para botar essa cambada de estelionatários a correr ou na cadeia a coisa não terá solução.

 

PLANEJAMENTO.

Planejamento é algo que não é lembrado por nenhuma liderança quer nos meios políticos ou de comunicações.

No ano da Copa que vencemos, 1970 éramos apenas NOVENTA MILHÕES os brasileiros. Hoje passados apenas quarenta e oito anos, ou menos de meio século se assim preferirem já somos mais de DUZENTOS E CINCO MILHÕES OS BRASILEIROS.

Como e com que meios se pode atender as demandas por moradia, alimentação, educação, trabalho e por aí vai?

Continuamos a procriar como se fossemos coelhos e o tal cristianismo tem como máxima o “CRESCEI E MULTIPLICAI-VOS” por que com o crescimento demográfico, em tese, apenas em tese, cresce a capacidade de arrecadação que em todas as igrejas ou religiões é o objetivo principal.

Neymar apenas um bobo alegre ou vítima de seu ego?

 

 

No ludopédio sempre surgem jogadores excepcionais, jogadores que encantam platéias e em razão disto se tornam ídolos e enriquecem.

Não me importa o que dirão sobre o que vou afirmar a seguir por que verdade absoluta.

Esses jogadores que obviamente são jovens e acumulam rapidamente muito dinheiro passam a interessar a mulheres jovens também em busca de fama e por certo igualmente do dinheiro, pois este ao que sei, desde que não obtido de forma violenta é, em tese sempre bem vindo.

Neymar quando servia nossa Seleção que estava concentrada em Teresópolis, instalações da CBF, segundo li nos meios de comunicação recebia uma jovem e bonitinha funcionária da Globo que ia até ele sob o pretexto de levar rosas. As rosas eram tão belas que ambos, encantados com as rosas passavam horas na cama, por certo.

A sociedade é mesmo hipócrita, pois se uma jovem qualquer (pobre) correr atrás de um desses boleiros logo irá taxá-la de pistoleira. As outras, apenas por que servem aos senhores da comunicação são “diferentes”.

Mulher ao que sei ainda é a melhor coisa que se pode desejar, mas também pode ser fonte de problemas inimagináveis.

Não vislumbro para Neymar o futuro que o esporte a ele reserva por que parece-me que ele não é maduro o bastante para diferenciar a bola daquela coisa maravilhosa que tais mocinhas tem e a ele oferecem.

 

 

Liminar suspende isenção de ICMS às igrejas de Rondônia

Felizmente alguém ainda tem bom senso nesse país. Quem esse estelionatários se imaginam para usufruir em de tão absurdos privilégios?

O Editor

Benefício
prejudica contas
do Estado
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu medida liminar para suspender lei de Rondônia que impedia a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre as contas de luz, água, telefone e gás de igrejas e templos religiosos.

Na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5816, o ministro entendeu que a norma oferece risco orçamentário ao Estado.

O governador do Estado de Rondônia, Confúcio Aires Moura, autor da ação, sustenta que a Lei estadual 4.012/2017 afronta o artigo 113 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), segundo o qual a proposição legislativa que crie renúncia de receita deve vir acompanhada de estimativa de seu impacto orçamentário ou financeiro.

Ao não fazê-lo, a norma seria contrária ao interesse público e à regra prevista no ADCT, concernente à responsabilidade fiscal.

A decisão proferida por Alexandre de Moraes ressalta que a concessão de liminar em ADIs exige a comprovação de perigo de dano irreparável. No caso em questão, o ministro observou que a norma geradora de renúncia de receita veio desacompanhada das estimativas de reflexos orçamentários e financeiros.

 
Copiado de: http://www.paulopes.com.br/2018/02/liminar-suspende-isencao-de-icms-as-igrejas-de-rondonia.html#.Wojz-a6nGM8

Justiça condena internautas por ‘curtir’ e compartilhar post no Facebook

Postado por: EditorNJ \ 12 de janeiro de 2018 \ 30 comentários

Ao curtir ou compartilhar algo no Facebook o usuário mostra que concorda com aquilo que está ajudando a divulgar. Levando esse fato em consideração, o Tribunal de Justiça de São Paulo incluiu os replicadores de conteúdo em uma sentença, fazendo com que cada um seja condenado junto com quem criou a postagem.

O caso foi relatado nesta manhã pela colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo, segundo a qual a decisão, inédita, será recomendada como jurisprudência para ser aplicada sempre que uma situação semelhante surgir.

O processo em questão envolve um veterinário acusado injustamente de negligência ao tratar de uma cadela que seria castrada. Foi feita uma postagem sobre isso no Facebook e, mesmo sem comprovação de maus tratos, duas mulheres curtiram e compartilharam. Por isso, cada uma terá de pagar R$ 20 mil.

Relator do processo, o desembargador José Roberto Neves Amorim disse que “há responsabilidade dos que compartilham mensagens e dos que nelas opinam de forma ofensiva”. Amorim comentou ainda que a rede social precisa “ser encarado com mais seriedade e não com o caráter informal que entendem as rés”.

Fonte: Olhar Digital/UOL

Ônibus da ‘Defensoria’ ocupa vaga de deficientes

Tendo em vista serem tão obedientes sugiro à prefeitura oferecer na próxima visita a cada um deles um prato cheio daquilo que assim a Lagoa ficará mais limpa, não?

O Editor

PELOTAS | 07.02.2018 – 16H51

Professora e advogada Sandra Castilho fez o seguinte registro pelo facebook: “Atendimento da Defensoria Pública no Laranjal, hoje. Estacionamento do ônibus (da Defensoria) nas vagas de deficientes. Interpelados, os “defensores” dizem que estacionaram aonde a prefeitura mandou. Alou??? Compartilhem por favor esse absurdo. Continuamos na contramão do bom senso e da lei”.

Ônibus da Defensoria impediu acesso de veículos a vagas destinadas a deficientes

Copiado de: http://amigosdepelotas.com.br/blog/onibus_da_defensoria_ocupa_vaga_de_deficientes

TEMER É A SUBVERSÃO COMPLETA DA CONSTITUIÇÃO: “Se tiver os votos para a previdência, eu cancelo a intervenção”

Page 1 of 4283

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén