Praia de Xangri-Lá

Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

Autor: jloeffler (Page 3 of 4416)

Dr. Bumbum é preso após informações do Disque-Denúncia

Reconheço que esse sujeito é um ordinário. Teve oportunidade de estudar medicina, privilégio de poucos e que geralmente são filhos de famílias abastadas, pois filhos de pobres não conseguem lograr êxito em vestibular nas Universidades Públicas. O que dizer dessas idiotas que insatisfeitas ora com as tetas e ora com as bundas recorrem a isto? Se fizermos uma análise séria vamos concluir que todos eles se merecem. Sou feliz vez que antigo e naquele tempo as mulheres nos ofereciam o que a natureza lhes havia conferido e por isto nunca fui enganado com tetas ou bundas falsas ou de mentira.

Hahaha…

 

 

 

 

Médico estava foragido desde domingo (15)

Dr. Bumbum é preso após informações do Disque-Denúncia
Notícias ao Minuto Brasil

HÁ 5 MINS POR NOTÍCIAS AO MINUTO

JUSTIÇA OPERAÇÃO

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como ‘Doutor Bumbum’, foi preso na tarde desta quinta-feira (19). Ele foi encontrado dentro de um centro empresarial na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Denis estava foragido desde domingo (15).

De acordo com o jornal ‘Extra’, o médico foi detido por policiais do 31º BPM (Barra da Tijuca) após receberem informações do Disque-Denúncia.

Denis vai responder pela morte da bancária Lilian Calixto, de 46 anos, que faleceu após ter passado por um procedimento estético no sábado (14), dentro do apartamento do médico, localizado na Barra da Tijuca.

A mãe do Doutor Bumbum, Maria de Fátima Barros Furtado, ainda está sendo procurada pela polícia.

A namorada do médico, Renata Fernandes Cirne, de 19 anos, foi presa no domingo. Nesta quarta-feira (18), ela foi transferida para o presídio de Benfica e vai responder pela participação no procedimento estético que culminou na morte da bancária.

Copiado de:  https://www.noticiasaominuto.com.br/justica/624521/dr-bumbum-e-preso-apos-informacoes-do-disque-denuncia?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=624521

Convite: 3 acadêmicos tomam posse no Conselho Estadual de Cultura RS

Convite CEC 2018

O tempo passa e as coisas não mudam

 

Na Administração anterior nossa cidade torrou apenas OITO MILHÕES DE REAIS com a dita FESTA DO PEIXE o que para mim é a verdadeira FARRA DO PEIXE.

No Governo estava o MDB. Na última eleição os que estavam no Poder foram varridos por decisão do povo, ou seja, assim decidiu o eleitor que gostemos ou não é o PATRÃO.

Foram DOIS MILHÕES DE REAIS a cada ano com Lei específica na FARRA DO PEIXE.

 Venceram a eleição, juntos ARENA e PDT. Assim foram mudados os Administradores, mas infelizmente tudo voltou a ser como era ANTES.

Havia no Governo anterior proprietário de jornal local ou regional que tocava a ‘FARRA DO PEIXE’ o qual deixou obviamente a Prefeitura com a assunção à mesma dos NOVOS eleitos.

Bastou um ano, não mais do que isto e referido empresário voltou à Prefeitura e temos novamente a FARRA DO PEIXE.  Ouvi dizer que tal FESTA ou FARRA é importante, pois injeta recursos tanto no comércio quanto na hotelaria.

Não discordo, mas se bom para esses dois setores da  economia que ambos BANQUEM isto, deixando assim os RECURSOS PÚBLICOS àquilo que realmente necessário à comunidade.

Nesse ano além do já referido tocador da tal festa também a senhora LAUDA, creiam que esse é o nome da senhora que foi Vereadora na Legislatura anterior também pelo MDB e DEMITIDA pelo povo já está novamente dentro da Prefeitura e circulando como Assessora Especial.

Vejam abaixo Lei Municipal que autoriza pagamentos         extraordinários para servidores durante tal festança.

 

 

LEI Nº 4208/2018

 

“AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A PAGAR COTAS DE AUXÍLIO FINANCEIRO NO PERÍODO EXCEDENTE AO HORÁRIO DE EXPEDIENTE CUMPRIDO NA 29ª FESTA NACIONAL DE PEIXES E FRUTOS DO MAR”.

LUIZ CARLOS GAUTO DA SILVA, PREFEITO MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

Art. 1º Fica o Poder Executivo autorizado a pagar cotas de Auxílio Financeiro aos servidores públicos municipais que laborarem no período excedente ao horário de expediente cumprido no 29º Festival Nacional de Peixes e Frutos do Mar, que realizar-se-á no período de 28 de junho a 22 de julho de 2018, de quinta-feira a domingo:

Art. 2º O Auxílio Financeiro de que trata o artigo anterior será paga conforme a tabela a seguir:

I – Secretaria Municipal da Fazenda:

 ____________________________________________________________________________
|   Quantidade  |              Atividade              |       Valor Dia      |
|===============|=====================================|======================|
|             03|             Coordenador             |             R$ 400,00|
|---------------|-------------------------------------|----------------------|
|             14|            Caixa e Roleta           |             R$ 200,00|
|_______________|_____________________________________|______________________|

II – Secretaria Municipal de Turismo e Desporto:

 ____________________________________________________________________________
|   Quantidade  |              Atividade              |       Valor Dia      |
|===============|=====================================|======================|
|             01|             Coordenador             |             R$ 400,00|
|---------------|-------------------------------------|----------------------|
|             05|         Assistente de Evento        |             R$ 200,00|
|_______________|_____________________________________|______________________|

III – Secretaria Municipal de Saúde:

 ____________________________________________________________________________
|   Quantidade  |              Atividade              |       Valor Dia      |
|===============|=====================================|======================|
|             01|             Coordenador             |             R$ 400,00|
|---------------|-------------------------------------|----------------------|
|             02|           Fiscal Sanitário          |             R$ 200,00|
|_______________|_____________________________________|______________________|

Art. 3º Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um crédito adicional especial no valor de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais), com a seguinte denominação:

05 – SECRETARIA DA FAZENDA
01 – Secretaria da Fazenda
0501 – 0412212.2012 – Manutenção da Secretaria da Fazenda
0501 – 333.90.48000000 – Outros auxílios financeiros a pessoa física…R$ 80.000,00

Art. 4º Servirá de cobertura para o crédito especial aberto no art. 1º, a redução em igual valor, dentro da Secretaria da Fazenda.

Art. 5º Revogam-se as disposições em contrário.

Art. 6º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ, em 03 de julho de 2018.

LUIZ CARLOS GAUTO DA SILVA
Prefeito Municipal

Ver. ANTONIO AUGUSTO DA SILVEIRA GALASCHI
Presidente do Legislativo

REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE

ALZIRA LUIZA DA SILVA AGUIAR
Secretária de Administração

Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde

E há os que idiotizados não percebem que em dois anos esses golpistas no fizeram recuar 5o anos no tempo. Até quando pergunto?

O Editor

O ministério informou que, desde fevereiro, quando começaram a surgir os casos de sarampo, foram registradas três mortes:

Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde
Notícias ao Minuto Brasil

HÁ 2 HORAS POR FOLHAPRESS

BRASIL SAÚDE

Balanço divulgado nesta quarta-feira (18) pelo Ministério da Saúde mostra que o Brasil tem 677 casos confirmados de sarampo. Segundo a pasta, atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo -em Roraima e no Amazonas.

Até terça-feira (17), foram confirmados 444 casos de sarampo no Amazonas, e 2.529 permanecem em investigação. Roraima confirmou 216 casos da doença e 160 continuam em investigação. As informações são da Agência Brasil.

O ministério informou que, desde fevereiro, quando começaram a surgir os casos de sarampo, foram registradas três mortes: duas em Roraima e uma no Amazonas. Em Roraima, um caso suspeito de morte pela doença ainda está em investigação.

De acordo com o balanço, os surtos estão relacionados à importação. “Isso ficou comprovado pelo genótipo do vírus (D8) que foi identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela”, diz a nota.

Ainda segundo a pasta, alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (1), Rio Grande do Sul (8); e Rondônia (1). Até o momento, o Rio de Janeiro informou ao Ministério da Saúde, oficialmente, sete casos confirmados.

“Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados”, diz o ministério.

Em 2016, o Brasil recebeu da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo.

Segundo o ministério, o Brasil está empreendendo esforços para interromper a transmissão dos surtos e impedir que se estabeleça a transmissão sustentada. “Para ser considerada transmissão sustentada, seria preciso a ocorrência do mesmo surto por mais de 12 meses”, diz a pasta.

VACINA

Oferecidas gratuitamente pelo Ministério da Saúde para todos os estados, as vacinas tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e tetra viral (sarampo, rubéola, caxumba e varicela) fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação e estão disponíveis ao longo de todo o ano nos postos de saúde em todo o país.

“É importante ressaltar que não há necessidade de corrida aos postos de saúde, já que as ações para controle do surto da doença, como bloqueio vacinal, nas localidades acometidas por casos de sarampo estão sendo realizadas com rigor”, diz nota divulgada pela pasta.

Neste momento, o Ministério da Saúde está intensificando a vacinação das crianças, público mais suscetível à doença. “Entretanto, adultos não vacinados devem receber a vacina prioritariamente em locais onde há surto da doença, como em Roraima e Manaus (AM). Pessoas que já completaram o esquema, conforme preconizado para sua faixa etária, não precisam novamente receber a vacina”, acrescenta o ministério.

Crianças de 12 meses a menores de 5 anos de idade têm que receber uma dose aos 12 meses (tríplice viral) e outra aos 15 meses de idade (tetra viral). Crianças entre 5 anos e 9 anos de idade que não foram vacinadas anteriormente devem receber duas doses da vacina tríplice com intervalo de 30 dias entre as doses.

A campanha nacional de vacinação será realizada entre 6 e 31 de agosto, sendo o dia D no sábado (18). O público-alvo dessa estratégia são crianças de 1 ano a menores de 5 anos. Segundo o ministério, a meta de vacinação contra o sarampo é de 95%. Dados preliminares referentes ao ano passado indicam que a cobertura no Brasil foi de 85,21% na primeira dose (tríplice viral) e de 69,95% na segunda dose (tetra viral). Com informações da Folhapress.

Copiado:  https://www.noticiasaominuto.com.br/brasil/624065/brasil-tem-677-casos-de-sarampo-confirmados-diz-ministerio-da-saude?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=624065

Esposa de Eduardo Cunha é condenada em 2ª instância após ser inocentada por Moro

Isto a mim não surpreende, pois Moro tem conduta estranha aos que ainda pensam, muito estranha eu diria. Jamais havia visto ao longo de meus três quartos de século de vida Magistrado algum ‘tão focado’ em um réu especificamente. Tal conduta só não é estranha aos já idiotizados pela de$one$ta por que $onegadora Rede Globo e suas igualmente de$one$tas repetidoras.

O Editor

JUSTIÇA18/JUL/2018 ÀS 16:37COMENTÁRIOS

TRF-4 condena Claudia Cruz por compras no exterior com dinheiro de corrupção. Esposa de Eduardo Cunha havia sido absolvida pelo juiz Sergio Moro

Esposa de Eduardo Cunha condenada inocentada por Moro

A mulher do ex-deputado Eduardo CunhaCláudia Cruz, foi condenada a dois anos e 6 meses pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no âmbito da Operação Lava Jato. Acusada de evasão de divisas e lavagem de dinheiro, ela havia sido absolvida pelo juiz federal Sérgio Moro, em julgamento de primeira instância. A pena deverá ser cumprida em regime inicial aberto, substituída por restritivas de direitos.

A 8ª Turma absolveu Cláudia do crime de lavagem de dinheiro e, diante de sua absolvição e ausente demonstração inequívoca de que os valores constantes na conta Kopek são frutos de ilícitos perpetrados anteriormente, foi determinada a liberação do confisco sobre a sua conta. A pena deverá ser cumprida em regime inicial aberto, substituída por restritivas de direitos.

Por não ter sido condenada por unanimidade, Cláudia ainda tem direito a dois recursos (embargos infringentes e de declaração) em liberdade, segundo súmula da Corte e entendimento atual do Supremo Tribunal Federal, que determinam a execução da pena só após exauridos todos os apelos em segunda instância.

Relembre:
Condenação da esposa de Eduardo Cunha contraria Sergio Moro
Sergio Moro fica frente a frente com Cláudia Cruz e decepciona
Os R$ 221 milhões de Eduardo Cunha sumiram; contas estão zeradas
Sergio Moro devolve passaporte de esposa de Eduardo Cunha
MP pede que Cláudia Cruz devolva R$ 34 milhões aos cofres públicos
Sergio Moro tenta intimar esposa de Cunha mas fracassa duas vezes
Esposa de Eduardo Cunha ensina como gastar R$ 64 mil em 3 dias em Paris

A 8ª Turma deu provimento ao apelo do Ministério Público Federal (MPF) e aumentou a pena de Zelada de 6 anos para 8 anos, 10 meses e 20 dias por crime de corrupção passiva, com base no pedido de recálculo feito pelo MPF. Henriques, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, teve a pena aumentada de 7 anos para 16 anos, 3 meses e 6 dias de reclusão, porque o colegiado entendeu que houve concurso material, quando as penas são somadas, e não concurso formal, quando os crimes ficam associados, com uma pena maior para o segundo.

O empresário Idalécio de Castro Rodrigues de Oliveira, absolvido em primeiro grau, teve o recurso do Ministério Público Federal julgado procedente pelo tribunal e ele foi condenado a 12 anos e 8 meses por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

A Procuradoria da República apontou na denúncia contra Cláudia que a elevada quantia abrigada na conta secreta na Suíça lhe garantia uma vida de esplendor no exterior. O rastreamento de seu cartão de crédito revelou gastos com roupas de grife, sapatos e despesas em restaurante suntuosos de Paris, Roma e Lisboa.

Esta ação teve origem em contrato de aquisição pela Petrobrás dos direitos de participação na exploração de campo de petróleo na República do Benin, país africano, da Compagnie Beninoise des Hydrocarbures Sarl – CBH. O negócio teria envolvido o pagamento de propina a Cunha de cerca de 1,3 milhão de franços suíços, correspondentes a cerca de US$ 1,5 milhão.

Segundo o Ministério Público Federal, parcela da propina recebida por Eduardo Cunha no contrato de Benin teria sido repassada à conta secreta na Suíça denominada de Kopek, de titularizada por Cláudia.

Nesta mesma investigação, mas em outra ação penal, Cunha também já foi sentenciado. Os desembargadores do TRF 4, por 2 votos a 1, diminuíram a condenação proferida por Moro ao ex-presidente da Câmara e a fixaram em 14 anos e 6 meses.

Com a palavra, o advogado Pierpaolo Bottini, que defende Claúdia Cruz

Para o advogado de Claudia Cruz, Pierpaolo Bottini, a decisão é positiva porque manteve a absolvição da acusação de lavagem de dinheiro, nos mesmos termos da sentença do juiz Sérgio moro. A condenação a pena restritiva de direitos por evasão de divisas não foi unânime, e por isso será questionará pelos recursos cabíveis.

Copiado de:  https://www.pragmatismopolitico.com.br/2018/07/esposa-de-eduardo-cunha-e-condenada-moro.html?utm_source=push&utm_medium=social&utm_campaign=artigos

TSE nega pedido para declarar Lula inelegível desde já

Segundo a ministra, o pedido não poderia sequer ser analisado porque o petista não é oficialmente candidato

TSE nega pedido para declarar Lula inelegível desde já
Notícias ao Minuto Brasil

HÁ 51 MINS POR FOLHAPRESS

POLÍTICA DECISÃO

A ministra Rosa Weber, à frente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) durante o recesso forense, negou liminarmente, nesta quarta (18), um pedido de integrantes do MBL (Movimento Brasil Livre) para declarar o ex-presidente Lula inelegível desde já.

O pedido foi feito ao TSE na última sexta-feira (13). Segundo a ministra, o pedido não poderia sequer ser analisado porque o petista não é oficialmente candidato. Rosa decidiu extinguir o processo sem julgá-lo no mérito.

“A possibilidade de arguição preventiva e apriorística de inelegibilidade do requerido [Lula], ainda sequer escolhido em convenção partidária, e cujo registro de candidatura presidencial nem mesmo constituiu objeto de pedido deduzido por agremiação partidária […] em absoluto encontra ampara no ordenamento jurídico pátrio”, escreveu Rosa. Com informações da Folhapress.

Leia também: Em despacho, juíza nega precedente para liberar entrevistas com Lula

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download

Copiado de:   https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/624083/tse-nega-pedido-para-declarar-lula-inelegivel-desde-ja?utm_source=notification&utm_medium=push&utm_campaign=624083

Justiça do Rio de Janeiro condena Sininho a sete anos de cadeia por formação de quadrilha e corrupção de menores, mais 20 black blocs

O MP e seus AGENTES devem estar realizados ao conseguirem condenar esse bando de desordeiros que foram extremamente ÚTEIS ao próprio MP vez que durante tais badernas em vários pontos do país sempre eram vistos indivíduos que por certo ou do MP ou pagos por ele para ostentar as placas de “NÃO À PEC/37” que iria colocar definitivamente em seu lugar o MP e todos os seus AGENTES que estavam e continuam querendo assumir atividades de POLÍCIA JUDICIÁRIA como se AUTORIDADES POLICIAIS fossem. Foram extremamente úteis e agora levam ferro. Quem não pensa acaba quebrando a cara.

O Editor

 

 

quarta-feira, 18 de julho de 2018

O juiz Flávio Itabaiana, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, condenou nesta terça-feira (17) à prisão 23 ativistas ligados a atos violentos nos protestos de 2013 e 2014 no Rio de Janeiro. A sentença determina a prisão em regime fechado. A pena da maioria dos presos é de 7 anos de prisão, pelos crimes de associação criminosa e corrupção de menores. Na sentença, o juiz não decretou prisão preventiva dos condenados, então, eles vão poder recorrer em liberdade até que um eventual recurso seja julgado. A decisão mantém, no entanto, as medidas cautelares a serem cumpridas pelos condenados enquanto não houver recurso. A condenação mais notória é a da chefete black block Sininho, Elisa Pinto Sanzi, de conhecida família de petistas do Rio Grande do Sul.
“Deixo de decretar a prisão preventiva dos condenados, mantendo, contudo, as medidas cautelares estipuladas nos referidos acórdãos enquanto o presente feito não for remetido ao Egrégio Tribunal de Justiça para julgamento de eventual recurso de apelação. “, afirmou o juiz no texto. Entre os condenados, estão Elisa Pinto Sanzi, conhecida como Sininho; Caio Silva de Souza e Fábio Raposo, que ainda respondem em liberdade pela morte do cinegrafista Santiago Andrade, da Bandeirantes, em 2014, atingido por um rojão lançado pelos black blocs no centro do Rio de Janeiro. A Justiça determinou o julgamento dela por um júri popular. Sininho era a própria imagem da petulância, aterrorizando todo mundo no centro do Rio de Janeiro, até quem um fotógrafo a enfrentou e fez ela baixar a crista.
De acordo com denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro, os réus, comandados por Elisa Quadros, a Sininho, se reuniram com o objetivo de incendiar o prédio da Câmara Municipal, na ocupação conhecida como Ocupa Câmara, em agosto de 2013. O Ministério Público, em 2015, pediu a prisão de 18 e a absolvição de cinco manifestantes. Porém, Itabaiana manteve a prisão dos 23 citados no processo.
Segundo o documento, baseado nas investigações da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, os ativistas cometeram crimes de associação criminosa, com pena maior por participação de menores. Entre os delitos, estão dano qualificado, resistência, lesões corporais e posse de artefatos explosivos. Veja a lista dos condenados black blocs terroristas:
Elisa Quadros Pinto Sanzi, condenada a 7 anos de prisão
Luiz Carlos Rendeiro Júnior, condenado a 7 anos de prisão
Gabriel das Silva Marinho, condenado a 5 anos e 10 meses de prisão
Karlayne Moraes da Silva Pinheiro, condenada a 7 anos de prisão
Eloisa Samy Santiago, condenada a 7 anos de prisão
Igor Mendes da Silva, condenado a 7 anos de prisão
Camila Aparecida Rodrigues Jordan, condenada a 7 anos de prisão
Igor Pereira D’Icarahy, condenado a 7 anos de prisão
Drean Moraes de Moura, condenada a 5 anos e 10 meses de prisão
Shirlene Feitoza da Fonseca, condenada a 5 anos e 10 meses de prisão
Leonardo Fortini Baroni, condenada a 7 anos de prisão
Emerson Raphael Oliveira da Fonseca, condenado a 7 anos de prisão
Rafael Rêgo Barros Caruso, condenado a 7 anos de prisão
Filipe Proença de Carvalho Moraes, condenado a 7 anos de prisão
Pedro Guilherme Mascarenhas Freire, condenado a 7 anos de prisão
Felipe Frieb de Carvalho, condenado a 7 anos de prisão
Pedro Brandão Maia, condenado a 7 anos de prisão
Bruno de Sousa Vieira Machado, condenado a 7 anos de prisão
André de Castro Sanchez Basseres, condenado a 7 anos de prisão
Joseane Maria Araújo de Freitas, condenada a 7 anos de prisão
Rebeca Martins de Souza, condenada a 7 anos de prisão
Fábio Raposo Barbosa, condenado a 7 anos de prisão
Caio Silva de Souza, condenado a 7 a anos de prisão
Os réus Camila Aparecida Rodrigues e Igor D´Icarahy foram também condenados, em outro processo, a seis anos de reclusão, por terem sido apreendidos artefatos explosivos na casa de Camila, que, no momento da apreensão, estava em companhia de Igor.
Copiado de:   http://poncheverde.blogspot.com/2018/07/justica-do-rio-de-janeiro-condena.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+blogspot%2FVjSfz+%28Videversus%29

A RB$ agora bate forte na inutilidade denominada ‘DAER’

 

 

Penso que tal tenha como objetivo a obtenção de mais patrocínios a essa emissora longe de ser respeitável.

Às vésperas de mais uma eleição geral penso que o que esse arremedo de Governo que temos no Estado não está soltando tanto dinheiro quanto eles pretendam.

Mas por certo em poucos dias os problemas gerados pela  inutilidade denominada de DAER serão completamente esquecidos embora esse mesmo DAER que é algo INÚTIL e mantido faz décadas apenas para empregar e assim manter gordos às eleições seguintes, os cabos eleitorais do Governo do momento.

Poucos  sabem que esse DAER é um verdadeiro mistério. Essa “coisa” tem aqui no litoral várias COLÔNIAS DE FÉRIAS. Há uma em Imbé de frente para a Lagoa, EM um lugar paradisíaco. Há uma em Tramandaí localizada à margem da Avenida Flores da Cunha. Há ainda mais uma pelo menos e localizada em Cidreira.

Essa é enorme e ocupa uma quadra inteira. Todas são  propriedade do Estado e sua manutenção é obviamente paga pelos trouxas, os contribuintes.

Assim esse Governo tal como os demais se fazem de desinformados para gozarem dos benefícios de ali empregar e engordar seus cabos eleitorais.

Votarei na eleição que se avizinha não em quem prometa me pagar em dia, mas só votarei em alguém disser de forma clara que ACABARÁ com essa INUTILIDADE no seu PRIMEIRO DIA DE GOVERNO.

Acredito que por certo há outras tantas INUTILIDADES no Estado e que precisam ser liquidadas, mas essa, o DAER é questão de URGÊNCIA URGENTÍSSIMA.

Encerro lembrando ao leitor que o MDB, para mim não um partido e sim um quadrilhão e  ainda lá em 1988 ao invés de nos livrar dessa inutilidade e que para alguns pode ser considerada uma merda resolveram aplicar o PDV na área se segurança pública.

90% do povo sabe que Moro e boa parte dos Juízes prevaricam

UNCATEGORIZED

Prevaricar: faltar ao cumprimento do dever por interesse ou má-fé; cometer abuso de poder, provocando injustiças ou causando prejuízo ao Estado ou a outrem (Dicionário)
Lula do Povo
O povo sabe o que significa e mostra nas conversas do dia a dia e nas redes sociais. Resta saber até onde o Judiciário Brasileiro irá na sua intentona contra o Estado de Direito do Povo. Depois de se submeter aos desmandos de um Juiz de instância inferior, de soltar vendilhões, corruptos, traficantes e estupradores, até onde o judiciário ainda irá na sua tarefa de destruir a nação?

PESQUISA CNT/MDA: 90% do povo diz que justiça não é igual para todos! A Justiça é dos Ricos!

Copiado de:  https://luizmuller.com/2018/07/18/90-do-povo-sabe-que-moro-e-boa-parte-dos-juizes-prevaricam/

Advogados encaminham ao MPF pedido de investigação de Moro por prevaricação no caso do HC de Lula

9 min read
 0

Cinco advogados gaúchos apresentaram uma peça de notícia-crime à Procuradoria Regional da República da 4ª Região (PRR4), pedindo investigação da conduta do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, no caso do habeas corpus ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O documento foi protocolado no Ministério Público Federal, em Porto Alegre, nesta terça-feira (17).

Na peça, subscrita por cerca de 250 advogados, os autores afirmam que Moro teria cometido crime de prevaricação ao interferir no cumprimento da ordem de soltura de Lula, conforme havia sido determinado pelo desembargador Rogério Favreto, plantonista do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no fim de semana do vai e vem de decisões judiciais no caso.

“O juiz Sérgio Moro cometeu crime de prevaricação, artigo 319 do Código Penal, ao praticar ato de ofício indevidamente contrariando expressa disposição de lei. Ele transgrediu o princípio do devido processo legal, porque ele não era a autoridade competente para se manifestar no processo, em que já havia sido esgotada a atividade jurisdicional [dele]. Fazendo isso, esse cidadão, inclusive usando termos inverídicos, numa situação em que ele se diz autoridade coautora, na condição de não ser o juiz natural, não ter competência, usar argumento falso, constitui o crime de prevaricação”, afirma Jorge Garcia, um dos autores.

Um dos autores do pedido de habeas corpus para Lula, o deputado Wadih Lula Damous (PT-RJ), acompanhou o protocolo da denúncia. “Impõe-se que o Ministério Público investigue essa conduta e abra procedimento judicial contra o juiz Sérgio Moro. A democracia não pode conviver com juízes que agem fora da lei”, disse. O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Paulo Lula Pimenta (PT-RS), e o deputado Henrique Lula Fontana (PT-RS) também acompanharam a entrega da notícia crime ao Ministério Público da 4ª região.

Lula estava cético quanto à soltura

O pedido de habeas corpus para Lula foi apresentado ao TRF-4 no dia 6 de julho, uma sexta-feira. Por isso, o caso caiu nas mãos do desembargador plantonista, Rogério Favreto. O desembargador concedeu a soltura do petista por acreditar que havia “fato novo” em seu processo, devido à demora nas decisões para concessão de entrevistas, o que poderia atrapalhar as chances de Lula como pré-candidato à presidência da República, diante de adversários.

No domingo (8), porém, quando a decisão foi publicada, o que se viu foi um batalhão de decisões com despachos do juiz Sérgio Moro, mesmo em período de férias, João Pedro Gebran Neto, relator do processo que condenou Lula a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, e do próprio presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores. Os três rejeitavam a decisão de Favreto.

O deputado federal gaúcho Paulo Pimenta, um dos autores do pedido de HC ao lado de Damous e do deputado Paulo Lula Teixeira (PT-SP), diz que chegou a ter esperança de ver a soltura cumprida. Por volta das 10h30 de domingo, quando havia saído a primeira decisão de Favreto favorável a Lula, ele conta que aguardava os trâmites na Superintendência da Polícia Federal, onde o ex-presidente cumpre pena, quando ouviu de um agente da PF que a ordem não seria cumprida.

“Quando o agente chegou para nós e disse isso, sinceramente, achei que era uma brincadeira. Era tão estapafúrdio. O advogado do presidente Lula [Luiz Carlos da Rocha] argumentou que a decisão do desembargador Favreto não dizia respeito à Vara de Moro. [O agente da PF] disse: ‘olha, lamentavelmente é o Sérgio Moro, vocês têm que se colocar na minha posição’. É tão descarado o ato criminoso de descumprimento de decisão judicial que não era escondido de ninguém. E eles falavam isso com naturalidade”, conta ele.

Pimenta diz que os deputados e advogados também estranharam o fato de o terceiro despacho de Favreto, reafirmando a decisão favorável do HC e dando prazo de uma hora para que a soltura se cumprisse, demorar a aparecer no sistema da PF. Apesar de a decisão publicada, os agentes alegavam que não tinham a ordem em mãos. Ele diz que espera que “todos esses personagens, que agiram de maneira criminosa, naquele domingo, terão que ser identificados e responsabilizados”.

Segundo o parlamentar, o ex-presidente teria se mostrado “bastante cético” quanto à possibilidade de ser solto. Durante todo o dia, advogados e Damous estiveram em contato com Lula.

“Como o presidente Lula tem claro que a prisão dele é uma prisão política, sem provas, sem crimes, que tem fundamentalmente a intenção de interferir no processo eleitoral, para impedir sua candidatura, ele nunca acreditou que aquela ordem judicial fosse ser cumprida. De fato, ele tinha razão”, observa Pimenta.

 

Brasil 21 com PT na Câmara

Copiado de:   https://ptnacamara.org.br/portal/2018/07/17/advogados-encaminham-ao-mpf-pedido-de-investigacao-de-moro-por-prevaricacao-no-caso-do-hc-de-lula/

Page 3 of 4416

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén