Escrito em 16 de Abril de 2011 *
Onde os gansos alarmaram por primeiro foi no blog do Previdi. Lá ele, que conhece tudo dos bastidores, falou que estariam em curso conversas entre os bispos e pastores donos da Rádio Guaíba e do Correio do Povo e o Otávio Gadret da Rede Pampa, que congrega TVs na Capital e várias cidades do interior e inúmeras AMs e FMs, mais o jornal O Sul.
O que ocorre? Os paulistas e outros forâneos que entraram aqui realmente não sabiam o que estavam comprando. O RGS é outro país: nós detestamos sotaques de fora, quem fala diferente de nós, pior se vierem com o ” r” capira. A Rádio Guaíba, com algumas exceções, perdeu seu sotaque gaúcho. E os ” evangélicos” gostam mais de TV.
O Gadret, que não gosta de aparecer, é muito hábil e conhece o ramo. E tem poder de fogo.Tem uma fera a seu lado que , para mim, é o mais talentoso executivo que já vi: o Paulo Sérgio Pinto. Mas retransmitir a Rede TV não é uma Brastemp, não é mesmo?
Daí que estariam em curso negociações para uma troca: vão as estações de TV da Pampa do interior e vêm Rádio Guaíba e Correio do Povo.
Amigos com quem falei negam .
Mas como sou meio bruxo e tenho poderes sensoriais, fico pensando: a saúde de que esse anúncio no O Sul de hoje, colorido, em meia página, explicando o alcance, a localização e outros dados das TVs da Pampa?
Aguardemos.
 
 

Diz o blogueiro – confesso aos meus leitores que nada sei sobre essa possível “permuta”. Soube através do blog do Prévidi a quem eventualmente rabisco algumas linhas e agora foi a vez do Ruy tocar no assunto. Paro uns instantes. Cheiro o ar e sinto nele o cheiro de fumo que de imediato se transforma em fumaça. Como disse nada sei, mas onde há fumo ou fumaça sempre há fogo. Não é assim que diz o velho ditado?