Os membros dessa guarda de quarteirão gostam muito de aparecer nos meios de comunicação assim tentando vender a imagem de que são produtivos o que não é verdade. Acredito que essa mulher deva ser uma DÉBIL MENTAL ou então está SEMEANDO UMA CANDIDATURA possivelmente a AL/RS.

Não dou a eles os espaços que desejam, pois não mantenho o blog no ar para promover mentirosos.

O Editor

 

Flavia Cristina Abreu, que se apresenta como seguidora de Jair Bolsonaro e sargento da Brigada Militar do Rio Grande do Sul gravou um vídeo que está circulando nas redes sociais, onde ameaça derramar sangue de manifestantes que forem a Porto Alegre no dia 24 de janeiro para acompanhar o julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4a. Região (TRF4). No vídeo, ela fala do julgamento do “Luladrão” e faz um desafio aos manifestantes: 

“Venham que aqui vocês vão ver o que é o verdadeiro sangue farroupilha. Venham mortadelas, venham muitos porque aqui não vai ter mi-mi-mi, não vai ter choro. É linha, pau, gás e bomba. É força e honra, sempre”, afirma. 
 

Em outro 

Em outro vídeo, gravada no final de outubro, a policial “homenageou” pelo “dia das bruxas”, algumas deputadas e senadoras de esquerda do Brasil. Entre elas, nominou: Maria do Rosário, (PT-RS), Manuela D Ávila, Fátima Bezerra (PT-RN), Erika Kokay (PT-DF), Jandira Feghali (PCdoB-RJ) (PCdoB-RS), Luiza Erundina (PSOL-SP)e as senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).(ver abaixo) 

Até a tarde deste sábado, a Brigada Militar não havia manifestado sobre as manifestações da servidora da instituição.

 
Fonte: SUL 21
Copiado de:   http://izidoroazevedo.blogspot.com.br/2018/01/bosta-fardada-em-video-sargenta-da.html