por Ronai Rocha

Publiquei, no blog da Editora Contexto – blog.editoracontexto.com.br – um texto sobre, entre outros nomes e temas, Caetano Veloso, Elisabeth Bishop e Roberto Schwarz. Caetano leu Bishop e foi lido pelo Roberto. Ele gostou dela e Roberto não gostou dele. Deu um samba que dura exatos cinquenta anos e não terminou, na minha opinião. Escrevi o texto, originalmente, para meu livro, A Escola Partida – Ética e política na sala de aula, que deverá começar a circular a partir da metade de fevereiro do ano que vem, publicado pela Editora Contexto, de São Paulo. No processo de editoração do livro concluímos que o trecho, que era ainda mais longo do que esse que saiu no blog, era um desvio demasiadamente intrincado na minha argumentação.

Para minha surpresa, semanas atrás começou toda essa polêmica ao redor da Elizabeth Bishop! Foi assim que surgiu a ideia de divulgar o capítulo suprimido do livro. Eu acho que o tema dá um livro, mas como recém terminei de escrever “A escola partida”, não quero pensar nisso muito cedo.

Deixo aqui, então, a sugestão, para os sete leitores que me restam no blog: Quem quiser um gostinho do que vai aparecer no Escola Partida, saiba que, ao ler o texto sobre Bishop, Caetano e Scharwz, vai conhecer um capítulo que estava originalmente ali.

Ronai Rocha | dezembro 10, 2019 às 9:16 am | Categorias: Uncategorized | URL: https://wp.me/pfqB3-PB