Tem um que tem todas as “ferramentas necessárias” ao perfeito exercício da atividade de ‘ESTELIONATÁRIO’. Ele traja bem e tem uma forma de expor suas ideias que me fazem lembrar muitos desse “ramo” que no exercício da minha profissão prendi.

Seguro quando fala e acima de tudo muito tranquilo.

O leitor porventura nessa minha descrição enxerga algum dos candidatos? Por certo não é o único, não mesmo?