Praia de Xangri-Lá

Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

Category: Noticias (Page 1 of 2426)

Leonardo Boff no lançamento do Instituto Edésio Passos em Curitiba na UFPR

Embora abomine igrejas, todas elas por que visam apenas acumular dinheiro vendendo a incautos algo que jamais irão entregar, reconheço no referido BOFF como um sujeito digno e credor do meu respeito.

O Editor

 

por Tarso Cabral Violin

Leonardo Boff estará no lançamento do Instituto Edésio Passos no Salão Nobre do Prédio Histórico da Universidade Federal do Paraná, às 18h30, no dia 4 de abril de 2017 (terça-feira), data de aniversário de Edésio.

O lançamento acontecerá dentro da Semana Edésio Passos, que de 3 a 7 de abril trará a Curitiba personalidades de destaque nos meios jurídico, acadêmico e cultural, como o ministro do STF, Luiz Edson Fachin, além de intelectuais e juristas brasileiros.

Leonardo Boff é um dos iniciadores da teologia da libertação, doutorou-se em teologia pela Universidade de Munique, foi professor de teologia sistemática e ecumênica com os Franciscanos em Petrópolis e depois professor de ética, filosofia da religião e de ecologia filosófica na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, é assessor de movimentos populares, conhecido como professor e conferencista no pais e no estrangeiro nas áreas de teologia, filosofia, ética, espiritualidade e ecologia. Em 1985 foi condenado a um ano de silêncio obsequioso pelo ex-Santo Ofício, por suas teses no livro Igreja: carisma e poder (Record). A partir dos anos 80  começou a aprofundar a questão ecológica como prolongamento da teologia da libertação, pois não somente se deve ouvir o grito do oprimido mas também o grito da Terra porque ambos devem ser libertados. Em razão deste compromisso participou da redação da Carta da Terra junto com M.Gorbachev, S.Rockfeller e outros. Escreveu vários livros e foi agraciado com vários prêmios. Alguns títulos: Ecologia: Ecologia, Mundialização, Espiritualidade (Record), Civilização planetária (Sextante), A voz do arco-iris (Sextante), Saber cuidar (Vozes), Ética e ecoespiritualidade (Verus), Homem: satã ou anjo bom (Record), Evangelho do Cristo cósmico (Record); Do iceberg à Arca de Noé (Sextante); Opção Terra. A solução da Terra não cái do céu (Sextante); Proteger a Terra-cuidar a vida. Como evitar o fim do mundo (Record); Ecologia: grito da Terra, grito do pobre (Sextante) pelo qual recebeu o prêmio Sérgio Buarque de Holanda como o melhor ensaio social do ano de 1994 e em 1997 nos EUA foi considerado um dos três livros publicados naquele ano que mais favorecia o dialogo entre ciência e religião. Junto com Mark Hathaway escreveu nos USA The Tao of Liberation. Exploring the Ecogoy of Transformation com Prefácio de Fritjof Capra, ganhando a medalha de ouro da instituição Nautilus para criatividade intelectual e o primeiro lugar do livro religioso do ano. Recebeu os títulos de dr.honoris causa em política pela Universidade de Turin em 1991, dr.honoris causa em teologia pela Universidade de Lund (Suécia) em 1992 e dr.honoris causa em teologia, ecumenismo, direitos humanos, ecologia e entendimento entre os povos pelas Faculdades EST de São Leopoldo em 2008 e dr.horis pela Cátedra del Água da Universidade de Rosário na Argentina em 2010.  Em 2008 pela Universidade de São Carlos em Guatemala e pela Universidade de Cuenca no Equador, recebeu o título de Professor Honorário. Foi assesssor da Presidência da Assembléia da ONU ao tempo da administração de Miguel d’Escoto Brockmann (2008-2009) e participa atualmente do grupo de reforma da ONU, especialmente quanto à Declaração Universal do Bem Comum da Terra e da Humanidade.

O Instituto Edésio Passos (IEP) visa contribuir para a geração e difusão de conhecimentos, mas que, fundamentalmente, vem para celebrar a liberdade do pensamento crítico, democrático e cidadão em favor do desenvolvimento humano e social da nossa gente.  O IEP homenageia a vida e o trabalho desse paranaense, idealizador do conceito e exercício da “defesa de trabalhadores”.

Edésio Passos, falecido no ano passado, foi advogado, jornalista, militante político e ativista de grandes causas humanitárias. Ao longo de mais de 50 anos de advocacia, liderou verdadeiras e incansáveis lutas pela igualdade de oportunidades, em favor da dignidade da vida e pelo direito e valorização dos trabalhadores. Por isso mesmo, sofreu inúmeras perseguições, mas também conquistou o respeito e a admiração da sociedade.

Programação completa da semana:

Local: Salão Nobre da Faculdade de Direito da UFPR

➡ Segunda | 3 de abril de 2017, início às 9h
Palestra com Luiz Edson Fachin – Ministro do Supremo Tribunal Federal.
A palestra com o ministro Fachin será exclusiva para convidados.

➡ Terça | 4 de abril de 2017, início às 18h30
Sessão de autógrafos com Leonardo Boff – Teólogo, escritor e professor universitário;

Palestra com Leonardo Boff;

Palestra com Nelton Miguel Friedrich – Deputado constituinte de 1988 e idealizador do programa “Cultivando Água Boa”, da Itaipu.

Dia 4 de abril de 2017: Em homenagem ao aniversário de Edésio Passos, lançamento do Instituto Edésio Passos

➡ Quarta | 5 de abril de 2017, início às 18h30
Lançamento do livro “Elementos de Direito Sindical Brasileiro e Internacional: (in)conclusões e estratégias possíveis”, do advogado trabalhista e professor de Prática Jurídica Trabalhista e Direito Sindical da UFPR, Dr. Sandro Lunard Nicoladeli;

Sessão de autógrafos com Dr. Sandro Lunard Nicoladeli;

Palestra com José Carlos Arouca – Consultor de entidades sindicais, Desembargador aposentado do TRT e autor de diversas obras sobre direito sindical;

Palestra com Raimundo Simão de Melo – Consultor Jurídico e advogado, Procurador Regional do Trabalho aposentado e autor de diversos livros jurídicos.

➡ Quinta | 6 de abril de 2017, início às 18h30
Palestra com Prudente José Melo – Advogado trabalhista e ex-conselheiro da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça;

Palestra com Aldo Arantes – Ex-Presidente da UNE, Deputado Federal por quatro mandatos, coordenador da Ação Popular (1965) e autor, entre outros, do livro “Alma em Fogo – Memórias de um militante político”;

Palestra com José dos Santos Abreu – Historiador e autor do livro “Operação Pequeno Príncipe”.

➡ Sexta | 7 de abril de 2017, início às 18h30
Palestra com Delaíde Alves Miranda Arantes – Ministra do Tribunal Superior do Trabalho;

Palestra com Bruno Reis – Presidente da Comissão Nacional de Direito Sindical do Conselho Federal da OAB e Conselheiro Federal da OAB Nacional.

IMPORTANTE:
Evento sujeito à lotação | As atividades da Semana Edésio Passos serão transmitidas em tempo real pelo perfil do CAHS Direito UFPR, o Centro Acadêmico Hugo Simas.

Fonte:  https://blogdotarso.com/2017/03/23/leonardo-boff-no-lancamento-do-instituto-edesio-passos-em-curitiba-na-ufpr/

As Quatro Estações

 

Qual a mais bela? Penso que todas são lindas e devemos abrir bem nossos olhos por que no ritmo em que vamos teremos em pouco tempo apenas duas das quatro. O tão festejado AGRO que é isto é aquilo é também um dos maiores inimigos do clima e assim das Quatro Estações. Para ampliar o cultivo de coisas como o tal soja da qual vem algo repugnante e nojento, algo que nem às moscas interessa, a tal margarina ocorre o violento desmatamento que hoje atinge de forma violenta a Floresta Amazônica, uma das últimas reservas florestais do planeta. Com essa devastação vem algo que poucos observam e que ninguém, ou melhor, poucos falam, ou seja, a mudança irreversível do clima no continente e no planeta.

Assim a humanidade preocupada em gerar acúmulo de dinheiro nos bolsos de uns poucos vai criando um buraco do qual não conseguirá sair. Temos hoje uma estação extremamente quente e longa com calor exagerado e ora com muita chuva, ora com uma seca terrível. A outra estação é o inverno que longo pode ser tanto seco quanto chuvoso.

Assim a vida de nossa espécie na face no planeta se aproxima do fim em velocidade desconcertante.

Voltando às Quatro Estações, aquela composição do italiano Antonio Vivaldi. Delas para mim a mais agradável é a Primavera. Um amigo prefere o Outono.

Falando em música, lembro-me de quando trabalhava na AJ em Porto Alegre lá pelos anos oitenta.

Esses membros dessa polícia ostensiva assim como ditam ocorrências a jornalistas que as colocam nos jornais tal qual recebem e assim com besteiras incríveis, eles tinham adotado o verbo FUGAR para dizer que criminosos haviam FUGADO. Lembro que informava a eles, do guarda ao coroné, quando algum deles tinha coragem de ir às ruas o que hoje não mais se vê que esse verbo é IRREGULAR e empregado para falar sobre composição de música erudita em forma de FUGA. Ao longo da vida muito me diverte conviver com gente muito, mais muito mais burra do que eu e que se julga acima dos demais. A esses por certo uma dose diária de alfafa não faria mal.

Com diploma ou sem diploma?

Hoje o Prévidi em seu blog investe contra aqueles que têm na Carteira de Trabalho registro na DRT como jornalistas sem terem o diploma universitário que os qualifique a tal.

Antes da ditadura tal diploma inexistia. Hoje há faculdades em todas as esquinas largando diplomas em mãos de gente que nem mesmo escrever com razoável correção consegue. A formação não faz o aluno escrever melhor do que antes de ingressar na faculdade. Vejo todos os dias erros crassos nos mais variados veículos de comunicação.

Escrevia no WWW.litoralmania.com.br quando o Prévidi me convidou a escrever para o seu blog. Ele tinha então o espaço “Ferro e Mais Ferro”. Topei por que como aposentado tinha pouco o que fazer. Passei a editar o meu blog, o WWW.praiadexangrila.com.br

Para o meu blog busquei registro como jornalista na DRT. Foi-me exigido comprovar que escrevia em algum veículo. Levei então algumas cópias da coluna que escrevia ao Prévidi. Saiu assim meu registro. Há uma grande empresa de comunicação que para mim é de$one$ta e essa encaminhou Carteira de Trabalho de alguém que conheço e que trabalha para ela. Bastou ser encaminhada pela tal empresa e o registro saiu sem o menor problema.

Nada tenho contra quem vai à busca de um diploma universitário, mas confesso que o que tenho visto escrito por “jornalistas de verdade”, aqueles diplomados me faz rir.

Esses cursos penso sejam meros caça níqueis por que vejo nos jornais notícias de crimes passadas aos mesmos pelos guardas do Sartori e com uma redação de fazer rir tamanhas as besteiras ali apresentadas. Para os jornalistas diplomados, obviamente há exceções, roubo e furto é a mesma coisa e por aí vai. São sim diplomados, mas fraquíssimos e isto aos mais bem informados é de fazer rir.

 

Deputados extinguem a CLT; veja quem são os 231 traidores dos trabalhadores brasileiros

Os nomes grifados e em cor vermelha são os bandidos que não merecem o voto dos trabalhadores desse Estado. Anotem esses nomes e os mandem procurar emprego nas mesmas condições que eles querem que vocês o façam. Na minha casa se um deles aparecer por certo irá arrepender-se, pois jamais gostei de bandidos.

O Editor

 

 

 

 

QUINTA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2017

 

Deputados aprovam terceirização irrestrita da mão-de-obra
Base governista resgatou um antigo projeto do governo FHC, com ainda menos salvaguardas ao trabalhador que a proposta de Cunha de 2015
por Renan Truffi e Rodrigo Martins, em CartaCapital*
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira 22 um projeto que libera a terceirização do trabalho apresentado há 19 anos pelo governo Fernando Henrique Cardoso. A proposta de 1998 também anistia multas impostas a empresas e, agora, depende apenas de sanção de Michel Temer.
O PL 4302, de 1998, foi aprovado com 231 votos favoráveis, 188 contrários e oito abstenções. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é o principal responsável pela celeridade na aprovação da matéria, vendida como uma alternativa para reativar o mercado de trabalho.
“Temos que parar com o mito de que regulação gera emprego. O excesso de leis no Brasil tem gerado desempregados”, afirmou na segunda 20, durante evento da Câmara Americana de Comércio em São Paulo.
Em linhas gerais, o texto permite a terceirização em todas as atividades de uma empresa, tanto no setor privado quanto no serviço público. (…)
CLIQUE AQUI para ler a íntegra da postagem (via Viomundo*)
-Veja abaixo como votaram os Deputados Federais gaúchos – em negrito os que votaram contra os (as) trabalhadores(as):

Afonso Hamm PP PpPtnPhs… Não
Afonso Motta PDT Não
Alceu Moreira PMDB Sim
Assis Melo PCdoB Não
Bohn Gass PT Não
Cajar Nardes PR Sim
Carlos Gomes PRB Sim
Danrlei de Deus Hinterholz PSD Sim
Darcísio Perondi PMDB Sim
Henrique Fontana PT Não
Jerônimo Goergen PP PpPtnPhs… Sim
João Derly REDE Não
Jones Martins PMDB Sim
José Fogaça PMDB Não
Jose Stédile PSB Não
Luis Carlos Heinze PP PpPtnPhs… Sim
Marco Maia PT Não
Marcon PT Não
Maria do Rosário PT Não
Mauro Pereira PMDB Sim
Paulo Pimenta PT Não
Pepe Vargas PT Não
Pompeo de Mattos PDT Não
Renato Molling PP PpPtnPhs… Sim
Sérgio Moraes PTB PtbProsPsl Não
Yeda Crusius PSDB Sim

Fonte: http://o-boqueirao.blogspot.com.br/2017/03/deputados-extinguem-clt-veja-quem-sao.html

Jovem que acusa Feliciano de assédio processa difamadores

Esse picareta depois da confusão com essa jovem somada a prisão do Eduardo Cunha, chefe da quadrilha que ele integra no Congresso Nacional desapareceu dos meios de comunicação. Faz lembrar um guri depois de um grande caçago, não? Hahaha…
O Editor

 

março 22, 2017

 

PATRICIA do FELICIANO

Patrícia tem sido chamada de ‘a menina do Feliciano’

Patrícia Lélis (foto) está processando “os aliados” do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) que a chamaram na internet de “puta e vadia” e fizeram ameaças de morte.

Em setembro de 2016, a jovem, que foi militante do PSC, acusou o pastor de tentativa de estupro.

Ela disse que em 15 de junho daquele ano Feliciano a atacou no apartamento funcional dele, em Brasília.

“Ele tentou levantar meu vestido e tirar minha blusa”, disse ela na época. “Como não deixei, ele me deu um soco na boca e um chute na perna.”

O ministro Edson Fachin, do STF, acolheu parecer da Procuradoria Geral da República para investigar a acusação de tentativa de estupro.

O caso foi enviado para o Supremo porque o deputado tem foro privilegiado.

Patrícia disse que se incomoda em ser conhecida como “a menina do Feliciano”.

“Não sou a menina do Feliciano, eu tenho um nome.”

Ela está fazendo terapia para superar o trauma, além de contar com o apoio da família.

Disse estar difícil a reconstrução de sua vida sexual, “porque na hora ‘h’ a gente se lembra [do assédio] e acaba travando”.

Está namorando um rapaz de esquerda e ateu, o que ela jamais imaginou que pudesse acontecer.

Afirmou que continua acreditando em Deus, mas deixou de ter religião. “Não sou evangélica, não sou católica.”

“Hoje, como não religiosa, sou uma pessoa muito melhor do que antes.”

Na época em que diz ter sofrido o assédio ela se apresentava como evangélica.

Com informações de Nathalí Macedo, para o DCM, e de outras fontes e foto do Facebook.

Fonte: http://www.paulopes.com.br/2017/03/jovem-que-acusa-feliciano-de-assedio-processa-difamadores.html#.WNNBkvkrJEY

Post com manifestação de munícipe de Xangri-Lá reclamando da Prefeitura

A post abaixo pelo visto não despertou de parte da Administração de Xangri-Lá a menor importância haja vista que a leitora hoje, mais uma vez manifesta seu descontentamento vez que a Prefeitura assumiu com os residentes na referida rua um compromisso que continua sem ter sido cumprido. A mim somente resta lamentar e divulgar na íntegra a manifestação da leitora feita na data de hoje.

Ei-la:

Calçamento rua Miraguaia entre Pça dos Inapiarios e Guatambu

Boa tarde!

Sou moradora da Rua Miraguaia,820.
Durante o verão de 2016, em acordo com a Prefeitura,leia-se o Prefeito Cilon e o vice prefeito de Atantida Eder de Oliveira, acordamos realizar o calçamento de nossa rua Miraguaia,entre a Pça dos Inapiarios e a rua Guatambu. Os mesmos solicitaram 3 orçamentos de mão de obra,que o pagamento ficaria a cargo dos moradores e o material seria todo fornecido pela Prefeitura.
Em abril foi entregue o devido contrato com a construtora escolhida pelos moradores com o acordo da Prefeitura,na Secretaria de obras de Xangrila,nas mãos do sr Oscar,na época encarregado da distribuição do material.
Até hoje, 12/02/2017, estamos com nossa rua esburacada pelos caminhões da Rossi, emburrada e totalmente alagada qdo chove.
Recebemos essa semana nosso carnet do IPTU de 2017….. R$1600,00 e estamos com o poste de luz em frente à nossa casa apagado.
Esse mês um vizinho foi assaltado a mão armada.
Como ficam os veranistas que sustentam essa Prefeitura desorganizada e incompetente que só faz politicagem e esquece de trabalhar?

 

 

Conteúdo de e-mail recebido da leitora Rosane Rocha de Xangri-Lá

Calçamento rua Miraguaia entre Pça dos Inapiarios e Guatambu

Boa tarde!

Sou moradora da Rua Miraguaia,820.
Durante o verão de 2016, em acordo com a Prefeitura,leia-se o Prefeito Cilon e o vice prefeito de Atantida Eder de Oliveira, acordamos realizar o calçamento de nossa rua Miraguaia,entre a Pça dos Inapiarios e a rua Guatambu. Os mesmos solicitaram 3 orçamentos de mão de obra,que o pagamento ficaria a cargo dos moradores e o material seria todo fornecido pela Prefeitura.
Em abril foi entregue o devido contrato com a construtora escolhida pelos moradores com o acordo da Prefeitura,na Secretaria de obras de Xangrila,nas mãos do sr Oscar,na época encarregado da distribuição do material.
Até hoje, 12/02/2017, estamos com nossa rua esburacada pelos caminhões da Rossi, emburrada e totalmente alagada qdo chove.
Recebemos essa semana nosso carnet do IPTU de 2017….. R$1600,00 e estamos com o poste de luz em frente à nossa casa apagado.
Esse mês um vizinho foi assaltado a mão armada.
Como ficam os veranistas que sustentam essa Prefeitura desorganizada e incompetente que só faz politicagem e esquece de trabalhar?

Falso prejuízo, privatização de verdade

NOTÍCIAS

Data: 22/03/2017
Autor: Rogério Lessa
 Enviar para um amigo Imprimir

A Petrobrás divulgou balanço de 2016, que registrou prejuízo de R$ 14,824 bilhões. No entanto, o presidente da AEPET, Felipe Coutinho, pondera que a demonstração contábil revelou uma pujante geração de riqueza, com fluxo de caixa livre de R$ 41,57 bilhões e geração de caixa (EBTIDA) de R$ 88,7 bilhões. “Houve também significativa redução da dívida, da ordem de 20%”, sublinha.

Coutinho disse ainda que o prejuízo contábil é resultado da reavaliação de ativos, “mais um capítulo da construção da ignorância sobre a Petrobrás”, conforme detalha em artigo o presidente da AEPET (clique aqui para ler). De acordo com Coutinho, a discutível prática contábil adotada pela Companhia contribui para a disputa da opinião pública em favor da privatização fatiada da estatal.

Com o resultado, a Petrobrás não pagará participação nos lucros para seus funcionários sob a alegação de que metas operacionais não foram cumpridas, apesar dos sucessivos recordes de produção verificados ano passado.

Já Pedro Parente disse ao mercado que seu objetivo é voltar a pagar dividendos aos acionistas, mas que, apesar da expressiva redução da dívida, seu foco ainda é reduzi-la, o que, para o atual gestor, significa vender ativos.

Em 2016, a Petrobrás reduziu seu número de empregados em 12%, para 68.829 trabalhadores. Nos últimos anos, 13 mil pessoas deixaram a Companhia em programas de demissão voluntária (PDV) — outros 4 mil devem sair ainda como resultado desses programas.

Fonte:  http://www.aepet.org.br/noticias/pagina/14323/Falso-prejuzo-privatizao-de-verdade

A tragédia de Santa Maria vai penalizar apenas os proprietários da Boate Kiss?  

 

Isto por si só é um absurdo. O então Prefeito de Santa Maria que hoje estaria desempregado não fosse a generosidade do Sartori que preocupa-se mais com seus correligionários acomodando-os em empregos públicos sem necessidade de prestarem concurso do que com o povo do Estado que num momento de falta de lucidez o elegeu por esquecer que lá no passado foram Britto e ele os que detonaram a situação financeira do Estado.

Aos mais jovens e igualmente aos de pouca memória lembro que a CEEE tinha e penso que ainda tem problemas com suas defesas na Justiça do Trabalho e daí decorreram pesadas condenações.

Britto/Sartori fatiaram a estatal em três partes, vendendo duas e com o resultado, UM BILHÃO E MEIO DE REAIS naquela época pagariam todas as dívidas ficando assim a empresa livre de problemas. Ocorre que perdida a eleição Britto torrou tal valor com asfalto a Prefeitos amigos e ou correligionários condenando assim a CEEE a não ter solução. A brutal dívida cresceu ao longo dessas décadas e hoje penso impagável.

Schirmer foi indiciado pela autoridade policial que conduziu a investigação e com justiça em minha ótica vez que quando procedida a consulta sobre o impacto de vizinhança, documento necessário a liberação de tal atividade ocorreu a consulta de residentes demasiado distantes da tal casa noturna num evidente propósito de facilitar as coisas, pelo menos assim vejo.

Recentemente na Europa Oriental ocorreu fato parecido com número reduzido de vítimas e o Prefeito foi colocado na cadeia, pois quando se assume uma Prefeitura se assume responsabilidades e não apenas o direito ao salário polpudo ao final de cada mês.

Dos bombeiros apenas o Fuchs que conheci em Taquara fazendo policiamento de quarteirão chegou à condição de ‘coroné’ bombeiro.

Santa Maria cobra de seus cidadãos TAXA DE INCÊNDIO e naquele ano haviam arrecadado mais de UM MILHÃO E DUZENTOS MIL REAIS que absurdamente é liberado aos bombeiros que são funcionários do Estado.

Penso que serviços de bombeiros devem ser próprios dos municípios tal como ocorre em Teutônia onde o serviço prestado é o melhor possível.

Nessa tragédia foram poupados quatro ou cinco bombeiros, TODOS ELES BANDIDOS E COVARDES, pois com picaretas tentavam arrombar a parede frontal do prédio onde o fato ocorria. Parede extremante espessa. Então eles entregaram as picaretas a um grupo de jovens ansiosos em colaborar no resgate. Desses jovens, mais de um sofreu intoxicação com os gases emanados do interior do prédio tendo um deles vindo a falecer em razão disto.

Bombeiros sabiam da presença de tais gases e ao incumbirem esse grupo de jovens de fazerem aquele serviço que era INCUMBÊNCIA DELES. Absurdamente nenhum deles foi processado e assim saíram faceiros e isentados desse morticínio.

De nada adiante levar os donos da casa noturna a Júri Popular por que irão condená-los a centenas de anos com a acumulação das penas quando se sabe que ninguém pode cumprir mais do que TRINTA ANOS.

Penso que tudo isto está sendo conduzido para fazer com que esqueçamos quem realmente foram os bandidos nessa tragédia. O MP como sempre me surpreende o que aliás não é novidade alguma.

Dos Desembargadores que decidiram um é oriundo do MP e isto embora legal a mim preocupa e digo isto por que quem passa uma vida funcional pedindo a cabeça de processados criminalmente perde a condição de imparcialidade em julgar como foi o caso de Joaquim Barbosa levado por indicação do Lula ao STF. Ele no afã de condenar foi buscar a Teoria do Domínio do Fato do jurista alemão Claus Roxin segundo a qual até mesmo o pai deve saber tudo o que o filho faz sendo corresponsável e assim condenou a quem desejava com seu vício de membro do MP.

Se quiser ficar burro sintonize a RB$

 

 

Aquele colosso que fala sobre a previsão do tempo na RB$ acaba de dizer que Rolante está situada no Vale do Paranhana. Convém que volte à Escola por que Rolante é banhada pelo Rio dos Sinos e está longe do Vale do Paranhana.

A conduta de Moro me faz lembrar caso ocorrido em nosso Estado

 

 

Já faz muitas décadas aqui havia um magistrado que pensava que por ser magistrado era quase divino e assim tudo podia. Ocorre que chegou o momento em que o TJ/RS tomou a atitude que o caso requeria e o magistrado resultou aposentado compulsoriamente se a memória não me trai.

Então passou ele a advogar prestando serviços profissionais inclusive a políticos parece-me.

O caso do Moro é um pouco diferente e complicado vez que ele demonstra enorme vontade de caçar Lula custe o que custar e tem a seu lado os grandes grupos de comunicação que embora em mãos de nacionais prestam serviços a ‘interésses’ outros como diria o velho e sábio caudilho.

O que Moro faz fere profundamente os interesses nacionais e por termos uma classe política composta em sua esmagadora maioria por ordinários além do fato de que a parte mais expressiva economicamente em nosso país adora aquele país localizado no hemisfério norte e que nem mesmo nome próprio tem a dimensão do problema é de maior complexidade.

A paixão que brasileiros de maior poder aquisitivo tem por referido país chega a ser doentia. Lá vão comprar bagulhos de segunda linha, os mesmo vendidos na fronteira do Paraguay.

Quando retornam estufam o peito e contam vantagem. Coisa de gente diminuta ainda que com gordas contas bancárias.

Não faz muito tempo o Tiririca da Serra e um bando de puxa sacos seus deputados na GRANDE CÂMARA DE VEREADORES localizada na Praça da Matriz na minha cidade natal, Porto Alegre, foram para lá em férias salgar suas preciosas bundas.

Foram os mesmos que enterram o Estado e que não faz muito tempo aprovaram uma lei idiota instituindo o DIA DO OVO e da Galinha. De tão idiotas que são deixaram fora os ÓVULOS excretados por galinhas criadas em granjas e privadas da vida sexual. Inutilidades como essas mandam em nosso Estado e o fazem por que o povinho que temos os elegeu.

Querem o quê? Reclamar para quem?

Que essa massa de idiotas aprenda a votar e sepulte de uma vez por todas esse tal PMDB, ante mesmo que o PSDB o faça vez que está usando esse partido como instrumento para o golpe e irá descartá-lo logo ali adiante.

Page 1 of 2426

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén