E continua nosso Estado com a polícia de quarteirão recolhida em suas instalações, não fazendo assim sua obrigação constitucional que é a PRESENÇA OSTENSIVA para inibir condutas criminosas. Com isto os crimes são TENTADOS ou CONSUMADOS quando passam à alçada exclusiva da POLÍCIA JUDICIÁRIA. Está funciona e a única autoridade policial que há no Estado que é o DELEGADO DE POLÍCIA este usar os servidores da outra para promover a prisão dos bandidos. De parabéns aquele comunidade pela agilidade de sua autoridade policial, o Delegado de Polícia.

O Editor

 

Materiais da joalheria (Foto: Elisangela Favaretto)
Materiais da joalheria (Foto: Elisangela Favaretto)

Na manhã desta segunda-feira (17) ocorreu um assalto a uma joalheria localizada no centro de Encantado. Numa ação da Brigada Militar, em conjunto com a Polícia Civil, cinco indivíduos foram presos por roubo majorado, associação criminosa e um deles por tentativa de homicídio.

Por volta das 8h35min, três indivíduos armados com revólveres invadiram a joalheira, anunciaram o assalto e renderam os funcionários e os clientes. Os assaltantes retiraram diversos materiais dos balcões e pediram pelo cofre. Do cofre limparam tudo. Nesse momento, dois policiais a paisana perceberam a movimentação estranha e impediram a saída dos bandidos. Nisso, chegou a Brigada Militar. Conforme relato das testemunhas, dentro da loja foi iniciada uma discussão entre os bandidos. Dois deles queriam se entregar, mas um deles não. Este indivíduo fez uma pessoa de refém e efetuou os disparos. Nisso, ele ainda pediu por uma saída nos fundos da loja, mas como não havia, tiveram que se entregar.

Conforme o Delegado da Polícia Civil, Augusto Cavelheiro Neto, este foi o primeiro momento da operação. Num segundo momento foi identificada a possível rota de fuga e a residência de alguns suspeitos. Os policiais foram até a Rua Relvado, no bairro Planalto, onde apreenderam um Fiesta vermelho que estava com placas clonadas. Nele havia touca ninja, munição e drogas. O fiesta havia sido roubado no bairro Petrópolis em Porto Alegre. Dois homens que estavam na residência foram presos e duas mulheres, que são esposas dos assaltantes, foram ouvidas como testemunhas. Uma delas é de Encantado e a outra de Canoas.

Ao todo, na operação, foram presos os três assaltantes da joalheira e os dois que estavam na residência, por estarem em posse do carro que fez o transporte. Conforme investigação, os bandidos dormiram na casa no final de semana e hoje praticaram o roubo.

Foram presos J.S.D que nasceu em 1996, L.P.S que nasceu em 1998, L.P.E que nasceu em 1978, L.P.S. e J.M.O.P. Um deles é foragido do sistema prisional e todos os outros possuem antecedentes criminais. Eles residiam em Encantado, Santa Maria, Itaqui.

Fonte:  http://www.regiaodosvales.com.br/cinco-pessoas-sao-presas-por-assalto-em-joalheria-de-encantado/