Praia de Xangri-Lá

Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

Deputado propõe extinção da Justiça Militar no RS

O deputado Raul Pont (PT) apresentou a Proposta de Emenda Constitucional 222/2011 que prevê a extinção do Tribunal da Justiça Militar do Rio Grande do Sul. “Apenas três estados brasileiros mantém hoje tribunais militares regionais. A diferença de tratamento tem origem na noção equivocada de que a atividade de policiamento ostensivo é militar, não civil, o que está errado. Com a mudança, teremos mais recursos para a Brigada Militar e tratamento igualitário para todos os servidores públicos do Estado”, defende Pont na justificativa da proposta, que recebeu apoio de deputados de todas as bancadas.

Atualmente, o orçamento da Justiça Militar do Rio Grande do Sul é de mais de R$ 31 milhões. Segundo o que propõe a PEC, esses recursos seriam aplicados para a ampliação, qualificação e modernização dos serviços da Brigada Militar.

Fonte: http://rsurgente.opsblog.org/2011/12/16/deputado-propoe-extincao-do-tribunal-da-justica-militar/

Diz o blogueiro – esse tribunalzinho particular existe apenas pra dar a certos sujeitos com o segundo grau a condição de magistrados com salários que jamais ganhariam em suas vidas. Que seja extinto já. Ano passado a extinção dessa coisa foi proposta pelo Pleno do Tribunal de Justiça que assim votou com quase unanimidade. Igualmente interessante a extinção dessa instituição, criando no lugar dela uma guarda civil como a que tínhamos antes da ditadura. Essa coisa não nos presta serviço por que faz basicamente faz política de bajulação. Eles têm hotéis de veraneio aqui no litoral norte, fazendas, hospitais, olarias e sei lá quantas coisas mais em que colocam servidores em desvio de função. Estão aos borbotões na AL, TJ, TCE, MP, enfim, o que menos fazem é trabalhar. Extinção já!

Anteriores

Tenha a pessoa amada de volta de volta em 48h, apesar do CDC e CC.

Próximo

ESTIAGEM MEDONHA

  1. Matheus

    Primeiro: o recurso de 31 milhões que é destinado ao TJM é do meio Judiciário, quanto a BM é do Executivo, ou seja NÃO PODE SER USADO O MESMO RECURSO PARA ATENDER AS DEMANDAS DO DEP. RAUL POINT 
    Segundo: Não é a toa que o RS possui uma das melhoras BM do país, pois o TJM é quem mantem os pilares da Hierarquia e da disciplina na brigada militar.  
    O que vai acontecer com a TJM é que a BM venha possivelmente virar um bando armado, isso sim.

  2. Caro leitor você esqueceu a quadrilha deles roubando telhas no Piratini ano passado? Essa é uma das quadrihas. Disciplina onde? Se houvesse disciplina não haveria uns 3.000 deles em vergonhoso desvio de função, bajulando politicamente em todos os segmentos do estado. Tínhamos a Guarda Civil, extinta pela ditadura em 67, exemplar em termos de discipilna. Não esqueça que o tal Mendes com segundo grau julgou uma magistrada de carreira. Por favor, pense bastante antes de defender essa inutilidade.

  3. Matheus

    Caro leitor. Que 90% do nosso governo é corrupto já estou informado. No RS são mais de 48.000 mil policiais militares. Achas mesmo que tocar todos os processos para justiça comum vai resolver o problema. REPITO a verba não vai ter como ser usada para a BM. A tanta itutilidade neste pais. Porque não tiram os 9 assessores que o politico atualmente tem direito, e o carro com motorista, e o vale-terno. Querem acabar com o gasto do Estado, então acabem com aquilo que é realmente desnecessário. Uma justiça especializada é necessária sim. Enquanto eles falam que o TJM é um instrumento inutil.
    Repito as melhores policias do Brasil, são a de São Paulo, Minas Gerais e Do nosso estado. sabe porque? Por que o TJM ainda está de pé, e se sua queda vier acontecer o grau de impunidade vai disparar e concerteza perderemos boa parte da disciplina da nossa BM. 

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén