Os deputados estaduais da base do governo garantiram a aprovação da Medida Provisória 272/2018, que concede aumento salarial de 6,81% aos professores, durante a sessão desta quarta-feira (16), na Assembleia Legislativa. Com a medida de valorização salarial, o piso dos docentes com jornada de 40h semanais passará a ser de R$ 5.750,83 e, de 20h, será de R$ 2.875,41.

Mesmo com forte oposição sarneyzista contrária a aprovação de aumento salarial, os deputados da base do governo do Estado garantiram a aprovação da Medida Provisória. Votaram contra os deputados César Pires, Adriano Sarney, Edilázio Júnior, Sousa Neto, Graça Paz e Max Barros. Wellington do Curso se absteve da votação.

Com a aprovação da recomposição salarial a todos os integrantes do Subgrupo Magistério da Educação Básica do Maranhão e professores contratados, os professores do Maranhão tiveram, desde 2015, reajuste de 30,35%.

Esse número é bem acima da inflação do período medida pelo IPCA (índice oficial), de 21,46%. Isso significa que os professores tiveram um significativo aumento real, ou seja, elevaram o poder de compra diante da inflação.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Leia mais: http://jornalpequeno.blog.br/johncutrim/deputados-aprovam-mp-que-garante-a-professores-do-maranhao-maior-salario-do-pais/#ixzz5FhmCquL9