14 JunhoLido 178 vezes

Empresa estatal tem que servir ao seu maior acionista: a sociedade

Em vídeo produzido pela Associação Beneficiente e Cultural dos Petroleiros (ABCP) e do Sindipetro, o geólogo Guilherme Estrella, diretor de Exploração e Produção da Petrobrás na época do descobrimento do pré-sal, faz a distinção exata entre as motivações das empresas privadas e das companhias estatais. “A Shell quer ganhar dinheiro no Brasil, enquanto uma das missões centrais da Petrobrás é descobrir, refinar e distribuir petróleo no Brasil, para atingir o povo brasileiro como um todo”.

Estrella lembrou que a Shell era concessionária de Libra, mas não teve competência para explorar aquelas reservas e interrompeu suas atividades em 2001. “Empresas assim atuam como corsários, esperam Petrobrás descobrir para depois explorar”, disse, lembrando que o risco e o alto investimento na descoberta do pré-sal ficou a cargo da empresa brasileira, ganhadora de vários prêmios de excelência em tecnologia.

Clique aqui para ver o vídeo

Copiado de:  http://aepet.org.br/w3/index.php/artigos/noticias-em-destaque/item/1840-estrella-golpe-veio-para-destruir-a-soberania-nacional