Publicado em 10/07/2019

A fala da presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), calou o general Augusto Heleno durante audiência pública na Câmara.

O militar, que é ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, esteve hoje (10) no Congresso para explicar o episódio como o do sargento preso com cocaína em um aeroporto na Espanha.

Gleisi quis saber por que tanto ódio do ex-presidente Lula, se foi justamente no governo dele que houve o aparelhamento das forças armadas. Na cara do general, ela também questionou o motivo de Heleno atacar tanto o PT. “E não adianta falar que é por causa da corrupção”, emendou a petista, para então lembrar o ministro do GSI que as mensagens do ex-juiz Sérgio Moro estão aí para desmentir essa tese.

“É até deslealdade o tratamento dispensado ao presidente Lula”.

LEIA TAMBÉM
General Heleno diz que Carlos Bolsonaro é “traumatizado”

A presidenta nacional disse ainda que o mais grave ainda é a falta de compromisso dos militares com a soberania nacional. “Os senhores não serão julgados pela opção política que fizeram, mas pela falta de compromisso com a soberania nacional.”

“As forças armadas têm sido conivente a um presidente [Jair Bolsonaro] que bate continência à bandeira norte-americana, que aceita entregar a base de Alcântara, que assiste à venda da Petrobras”, afirmou.

Originalmente, general Heleno foi prestar contas do sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) Manoel Silva Rodrigues que foi preso no aeroporto de Sevilha, na Espanha, em 25 de junho, com 39 quilos de cocaína.

A droga foi transportada até a Europa em uma aeronave da FAB que participava da comitiva do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Assista ao vídeo com a sabugada de Gleisi em Heleno:

RECOMENDADOS
Copiado de:  https://www.esmaelmorais.com.br/2019/07/gleisi-cala-general-heleno-na-camara-assista-ao-video/