06/03/2013


Arquivado em: Hugo Chávez — Gilmar Crestani @ 3:25 pm
Tags:

 

Hugo Chávez, um democrata caluniado

Postado por Juremir em 6 de março de 2013Política

Hugo Chávez está morto.

Foi certamente o melhor presidente da história da Venezuela.

Submeteu-se a mais de uma dezena de eleições sempre vigiadas por comissões internacionais conduzidas por homens do porte de Jimmy Carter.

Usou o petróleo, que antes jorrava só para os ricos, em favor dos pobres.

Fez o país crescer.

Tornou a Venezuela o país menos desigual da América Latina.

Ao contrário do que se diz, jamais eliminou a oposição ou impediu totalmente a liberdade de expressão. Tem jornal na Venezuela que nunca passou um dia sem detoná-lo. Chávez é, certa forma, o produto de uma Venezuela podre, a reação com tendência autoritária à corrupção dos partidos que dominaram o país ao longo da história. O ódio devotado a ele pela direita é diretamente proporcional aos interesses que contrariou e aos privilégios que cancelou.

Podem existir líderes mais democráticos do que Chávez.

Mas, no contexto da América Latina, ele foi um gigante.

Tudo o que os seus opositores esperam é poder fazer o tempo recuar, devolvendo a Venezuela ao seu atraso dos anos 1990.

É muito provável que consigam.

Hugo Chávez, um democrata caluniado Juremir Machado da Silva – Correio do Povo | O portal de notícias dos gaúchos

Fonte: http://fichacorrida.wordpress.com/2013/03/06/hugo-chvez-as-crticas-dizem-mais-sobre-seus-crticos/