(Imagem meramente ilustrativa/Flickr)

O Juiz de Direito Emerson Silveira Mota, da 2ª Vara Criminal do Foro de Tramandaí, determinou a realização de avaliação psiquiátrica da menina de 12 anos acusada de agredir colega com uma faca em frente a uma escola no Balneário Pinhal. Também determinou a transferência da jovem para outra escola, bem como a proibiu de se aproximar da vítima.

“Após ouvir o representante do Ministério Público e a defesa, é determinada a realização de avaliação psiquiátrica da representada. Caso constatada a necessidade de internação, que se proceda de imediato, assim como eventual tratamento ambulatorial, se for o caso. É determinada a imediata transferência da adolescente para outra escola, preferencialmente de outro município, para evitar outros conflitos, por retaliação, bem como preservar a vítima, estando a representada proibida de qualquer contato com esta”, decidiu o Juiz.

O magistrado explica que, após ouvir o Promotor de Justiça e a defesa, justificou a decisão afirmando se tratar de uma menina de 12 anos, primária, e que o caso apresenta peculiaridades que não autorizam a internação.

Caso

A estudante de 12 anos é suspeita de ter agredido com uma faca colega da escola, de 15 anos, no Balneário Pinhal, litoral norte do Estado. A briga entre as duas aconteceu no final da tarde de quarta-feira (8/8), nas proximidades do Colégio.

O processo tramita em segredo de Justiça.


EXPEDIENTE
Texto: Rafaela Souza
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tj.rs.gov.br

Copiado de:  http://www.tjrs.jus.br/site/imprensa/noticias/?idNoticia=438615