No ludopédio sempre surgem jogadores excepcionais, jogadores que encantam platéias e em razão disto se tornam ídolos e enriquecem.

Não me importa o que dirão sobre o que vou afirmar a seguir por que verdade absoluta.

Esses jogadores que obviamente são jovens e acumulam rapidamente muito dinheiro passam a interessar a mulheres jovens também em busca de fama e por certo igualmente do dinheiro, pois este ao que sei, desde que não obtido de forma violenta é, em tese sempre bem vindo.

Neymar quando servia nossa Seleção que estava concentrada em Teresópolis, instalações da CBF, segundo li nos meios de comunicação recebia uma jovem e bonitinha funcionária da Globo que ia até ele sob o pretexto de levar rosas. As rosas eram tão belas que ambos, encantados com as rosas passavam horas na cama, por certo.

A sociedade é mesmo hipócrita, pois se uma jovem qualquer (pobre) correr atrás de um desses boleiros logo irá taxá-la de pistoleira. As outras, apenas por que servem aos senhores da comunicação são “diferentes”.

Mulher ao que sei ainda é a melhor coisa que se pode desejar, mas também pode ser fonte de problemas inimagináveis.

Não vislumbro para Neymar o futuro que o esporte a ele reserva por que parece-me que ele não é maduro o bastante para diferenciar a bola daquela coisa maravilhosa que tais mocinhas tem e a ele oferecem.