Temos em nossa região sul uma das maiores reservas de carvão do mundo. Começa em Arati/PR onde há também xisto betuminoso, desce pela costa de SC, adentra por nosso litoral e na altura de Osório toma rumo à fronteira, região de Bagé.
A Petrobrás fez pesquisas e constatou isto. Logo que ingressamos em SC pela BR-101, à esquerda (não lembro o nome da localidade) bem na margem da rodovia há uma fonte de água termal fruto de perfuração. Não sei por que não é explorada.
Piratuba em SC, cidade junto à divisa com nosso estado era um povoado pobre até que perfurações da Petrobrás descobriram aquela fonte de águas termais.
Em 88, pouco antes que o Simon me deixasse em casa por longos seis meses sem trabalhar o Miguel dos guinchos (ele os construía, andou fazendo algumas maquinas a uma empresa que fazia perfurações na Lagoa que banha Osório, pesquisas que confirmaram a presença de carvão. Sei que nosso carvão tem elevado teor de cinzas, mas isto hoje já é neutralizado por moderna tecnologia.
Desde que o meu filho, o Guilherme nos deixou, nunca mais estive em S.J do Norte onde pescava em todos os verões, pois ali havia belos e bem desenvolvidos mariscos e com estes pegava papa-terras enormes. Ao final do dia entregava dois ou três baldes cheios deles ao Vadinho, dono do hotel. Eram preparados com camarão bancado pelos pesquisadores nordestinos ali hospedados. Esse pessoal trabalhava para empresas cujos nomes não mais recordo. Lembro que haviam descoberto grande reserva de EUCAXITA nas proximidades da localidade de Bojuru, primeira a ter telefonia em nosso estado. A eucaxita se presta à construção de telas de televisores coloridos e igualmente à pigmentação de tintas. Há ainda outros minerais de menor valor nessa região.
Lembro ter visto uma pesquisa da Petrobrás que concluíra que somente a casca de arroz queimada junto ao beneficiamento poderia gerar algo em torno de oito bilhões de litros de álcool anualmente no país.
Temos muito em recursos, mas nos falta um povo que seja merecedor disto tudo.
RELATO DE JORGE LOEFFLER, do blog http://www.praiadexangrila.com.br

Fonte: http://gastao30.wordpress.com/2013/02/16/o-carvao-na-regiao-sulina/

 

 

 

 

Digo eu – ontem ao visitar o excelente blog do professor de história e jornalista Gastão Muri li o que ele havia postado sobre a presença de carvão no subsolo de Osório. Como essa matéria sempre foi uma preocupação minha repassei a ele o que sabia sobre o assunto. Resultou que ele decidiu postar. Se ele assim entendeu só me resta aqui fazer o mesmo.