Mais uma edição desse evento que rende certamente muito à RB$, mas que INFERNIZA a vida de quem tem imóvel em Atlântida, município de Xangri-Lá.

Para mim que conheço e bem Xangri-Lá onde vivi por uma década é na verdade um verdadeiro INFERNO. Eu disse INFERNO e não inverno.

Ali juntam, ao longo da Avenida Central de Atlântida algo que é inimaginável.

Se alguém duvidar do que digo que percorra a Avenida Central no dia que antecede essa coisa que dizem ser um evento.

Ali se vê de tudo, até mesmo gente digna e honesta.

Ano passado o destaque foi a presença maciça da GUARDA ESTADUAL DE QUARTEIRÃO que nunca conta com meios e efetivo necessários, mas quando a RB$ chama para lá acorrem com FORÇA AÉREA, CAVALARIA e até mesmo MARINHA.

Errei, me desculpem, pois MARINHA eles ainda não ousaram montar em respeito à MARINHA DO BRASIL.

A situação econômica em nosso país vai mal embora digam o contrário. Prova do que digo é que nesse ano os ingressos a esta bagunça, Planeta da FUMAÇA, estão sendo vendidos em suaves prestações mensais e a perder de vista.