Operação Tentáculos II: Justiça determina prisão preventiva de 29 envolvidos em organização criminosa
(Imagem meramente ilustrativa)

 

No dia 26/11, o Juiz da 1ª Vara Judicial da Comarca de São Sepé, Francisco Schuh Beck determinou a prisão preventiva de 29 investigados pela  Polícia Civil.  Os mandados de busca e apreensão forma cumpridos na manhã desta quinta-feira, 5/12, nas Comarcas de São Sepé, Charqueadas e Restinga Seca.

A investigação é da Delegacia de Polícia Civil de São Sepé que faz parte da Operação Tentáculos II, deflagrada em abril deste ano. Participaram da operação de hoje 128 policiais civis e 28 policiais militares.

Segundo o magistrado, foi a maior operação policial da região central do Estado, em 2019, para combater a infiltração de facção criminosa, da região metropolitana na região central, envolvendo delitos de tráfico de drogas, organização criminosa, roubos, extorsões, ameaças e homicídios. Através de escutas telefônicas autorizadas pelo Poder Judiciário, foi descoberto recentemente ameaças de mortes a policiais que atuam na Operação Tentáculos II.

Na decisão, o Juiz Francisco Beck frisa: “Os diálogos evidenciam, além disso, que a organização atua de modo violento, planejando roubos; ordenando homicídios e intimidações. Trata-se, à evidência, de uma situação gravíssima e intolerável. As ameaças dirigidas a policiais no exercício de suas funções é uma ameaça ao próprio Estado constituído, atraindo pronto acautelamento”.

Ainda na decisão, o Juiz alertou sobre a importância da prisão preventiva. “As custódias simultâneas, no deflagrar da fase ostensiva da investigação, visam também ao pronto debelar da empreitada criminosa”, finaliza o magistrado.

Processo nº 130/21900022187 (Comarca de São Sepé)


EXPEDIENTE
Texto: Fabiana Fernandes
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tjrs.jus.br