Vários os participantes, dentre eles alguns deputados. Presente um cidadão da família Guimarães oriundo de ‘Seu’ Antonio da Patrulha. Acredito seja ele irmão do “tio Guima” que era como tratávamos colega nosso na Escola de Polícia lá em 1965.

Presidente do SINDIFISCO e um ‘doutor’ Vereador. Um dos assuntos obviamente foi o IPTU em Porto Alegre.

Deixo claro que não simpatizo com o Prefeito de Porto Alegre, senhor Marchesan a quem digo ser ‘Marquespan’, marca de pão que soa parecida com o nome do mesmo.

Necessário SIM revisar a PLANTA GENÉRICA DE VALORES do IPTU não somente em Porto Alegre como em toda e qualquer cidade.

Assim penso e apresento algumas razões. Alguém comprou faz lá uns vinte anos uma casa em bairro com poucos lotes ocupados. Tal casa pela qualidade da construção assim como área construída foi então muito bem avaliada.

Com o passar dos anos e mesmo décadas os demais lotes ali existentes foram ocupados por depósitos, empresas outras e obviamente que a tal casa já nem de longe teve a valorização que se podia esperar.

Isto por si só justifica sim a reavaliação da PLANTA GENERICA DE VALORES, medida que certamente faz muitos imóveis terem seu valor reduzido e outros aumentado. Assim se consegue aplicar justiça fiscal, penso.