Presenças construtivas como Valter Nagelstein e Cassiá Carpes, mas infelizmente aquele capanga do vidraceiro, o Temer, que vive lá na fronteira com o Paraguay, o tal Marun, hoje mais um parasita mamando na Usina de Itaipu sem nada para fazer, mas embolsando ao final de cada mês por certo uns modestos CINQUENTA MIL REAIS MENSAIS.