Todos, todos mesmo imputam nossos problemas ao PT. Ocorre que o PT não governou nosso país desde a chegada dos portugueses. Desonestidade parece ser em nosso país a maior do mundo. Poucos se salvam realmente, pois quem estaciona em espaços destinados a idosos ou deficientes é DESONESTO. Quem deixa de pagar o condomínio, fazendo assim as despesas do mesmo recaírem sobre os demais é DESONESTO.

Quem cai na vigarice que é a propaganda e vai as lojas comprando em prestações coisas que não são essenciais e depois não pode pagar é DESONESTO. DESONESTO igualmente o comerciante que seduz o comprador assim como o banqueiro que através do comerciante faz com que o consumidor aceite um cartão de crédito. Desonestos, assim, penso sejamos quase todos nós.

DESONESTOS esses picaretas, donos de igrejas, como Macedo e todos os demais que induzem os idiotas a entregarem a “déus” o que dispõem e até um pouco mais vendendo aos mesmos aquilo que jamais entregarão.

Estes, das ditas igrejas não são somente DESONESTOS, são creiam os piores bandidos que agem livremente em todo o território nacional. Esses bandidos e desonestos já estão tomando o Congresso Nacional de assalto e até pouco tempo passado eram chefiados pelo pior bandido dentre eles, o tal CUnha.

Se o dito Estado Islâmico é ruim para a humanidade, pior ainda esse Estado que eles estão tentando implantar aqui e não vejo ninguém, ninguém mesmo com saco roxo, o mais roxo possível para botar essa cambada de estelionatários a correr ou na cadeia a coisa não terá solução.

 

PLANEJAMENTO.

Planejamento é algo que não é lembrado por nenhuma liderança quer nos meios políticos ou de comunicações.

No ano da Copa que vencemos, 1970 éramos apenas NOVENTA MILHÕES os brasileiros. Hoje passados apenas quarenta e oito anos, ou menos de meio século se assim preferirem já somos mais de DUZENTOS E CINCO MILHÕES OS BRASILEIROS.

Como e com que meios se pode atender as demandas por moradia, alimentação, educação, trabalho e por aí vai?

Continuamos a procriar como se fossemos coelhos e o tal cristianismo tem como máxima o “CRESCEI E MULTIPLICAI-VOS” por que com o crescimento demográfico, em tese, apenas em tese, cresce a capacidade de arrecadação que em todas as igrejas ou religiões é o objetivo principal.