Praia de Xangri-Lá

Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

Passando Minha Adaga na Semana Farroupilha

 15 Setembro 2011
 

Algumas constatações sobre a Semana Farroupilha:

 – A Semana Farroupilha transformou-se em um desfile de agroboyzinhos nas camionetinhas do papai, enquanto gaúchos de verdade, os peões que trabalham duro nas estâncias e cultivam as verdadeiras tradições gaúchas (não para fazer bonito ou para aparecer, mas porque isso é o natural deles) não podem comprar um par de botas. Muito menos desfilar com um cavalo. É como retrata Cyro Martins na sua “Trilogia do Gaúcho a Pé.”

–  Grande parte dos campos dos grandes estancieiros gaúchos é campo que foi roubado na época em que as fronteiras das terras não eram cercadas. É como diz o inesquecível personagem Juvenal em “O Tempo e O Vento” do Érico Veríssimo, referindo-se ao estancieiro Amaral: “Todo mundo aqui  sabe que metade dos campos desse velho é tudo campo roubado!”

– Os agroboyzinhos gostam também de andar por aí enchendo a pança de cerveja e gritando o “Grito do Sapucai”, que é herança de nossos índios guerreiros. Mas os índios ou foram massacrados ou se encontram em estado miserável em suas terras devastadas. E os “gaúchos” pouco se importam.

– E os “farroupilhas” bem pilchados apreciam também matar cavalos esgotados desfilando com bandeiras sob o sol do litoral pra mostrarem que são machos.

– E os nossos “pampeiros”, que dizem amar a terra, amar o pampa, são os mesmos que estão acabando com ele plantando soja, pinus e o diabo. Acabando com os rios, desviando água para plantações de arroz, infestando tudo de pesticidas, massacrando nossa fauna, causando erosões, assoreamentos, desertificação, enfim, transformam o pampa num inferno de desolação. Mas na Semana Farroupilha, amam a terra gaúcha.

– Não me pilcho, mas sei que amo minha terra mais do que muitos pilchadinhos engomadinhos por aí. Alguns gaúchos deveriam entender que, mais do que a pilcha, o que define o gaúcho são os valores de honra, dignidade e coragem.

Fonte: http://artedofim.blogspot.com/

 

Diz o blogueiro – recebi a indicação deste blog faz poucos minutos e confesso que me impressionou a coragem com que este jovem externa o que pensa. Fico imensamente feliz, pois nos dias de hoje a quase esmagadora maioria abandonou o hábito de pensar, deixando-se levar pelas malditas novelas e programas outros de baixíssimo nível da televisão. Pensar nunca fez e jamais fara mal à saúde de quem quer que seja. E o mais importante, pensar faz com que o seu cérebro não sucumba a certas moléstias que o paralisam politicamente, pois é incrível a verdadeira manada de eleitores que votam permanentemente em políticos que não valem nem mesmo que comem. E eu ia dizer o que cagam, mas a merda merece respeito e eles não.Pensem sobre isto enquanto vos desejo um restante de semana profícuo.

 

Anterior

Nos EUA, empresa oferece fuzil de brinde para clientes

Proxima

COMO AURORAAAA PRECURSOOORA…. INQUIETAÇÕES

1 Comment

  1. Caro, Loeffler: fico muito agradecido. Um abraço!
    Al Reiffer

Deixe uma resposta

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén