Já perto de minha aposentadoria trabalhei em Igrejinha onde Roberto Argenta, dono de Calçados Beira Rio foi Prefeito.

Certo dia recebi convite dele para tomar o café da manhã em seu Gabinete. Após o café ele me passou uma lista de “loteamentos” projetados e alguns sendo instalados que não lhe pareciam corretos.

Foram instaurados Inquéritos Policiais e dois “adevogados”, um com luxuoso escritório na cidade e outro de Taquara assim como um rico dono de Postos de Combustíveis lá como também em Gramado.

Conclusos os Inquéritos Policiais foram remetidos ao Fórum da Comarca e em todos os casos ocorreram condenações dos desonestos.

Quando um Prefeito tem capacidade e acima de tudo boas intenções e aciona a POLÍCIA JUDICIÁRIA como ocorreu em Igrejinha os bandidos engravatados acabam condenados criminalmente.

A Legislação Federal sobre loteamentos é clara e fácil colocar ordem em qualquer cidade.

Quando ocorreram os desabamentos no Rio de Janeiro em favelas assentadas sobre encostas de morros escrevi sobre o assunto. Esse ano o mesmo correu em Minas Gerais e também na Bahia.

Nossa costa é fruto de erupções vulcânicas e que ao longo de milênios foram encobertas por ventos superiores ali se formando um solo pouco profundo onde a vegetação encobriu as rochas.

Com os milênios surgiu uma vegetação com a poeira trazida desde a África por correntes de vento superiores.

As chuvas cada vez mais fortes chegam até o fundo rochoso do solo e levam o mesmo por diante.