Praia de Xangri-Lá

Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

Sindicância inútil gera reações

Segunda-feira, 22 de junho de 2009

O resultado decepcionante de uma sindicância da Casa Civil tem provocado reações em quem esperava um mínimo de dignidade no trabalho apresentado. Enquanto se imaginava o objetivo fosse descobrir quem havia acessado indevidamente o Sistema de Consultas Integradas da Segurança Pública para fins eleitorais, a comissão apurava mesmo era a conduta do ex-ouvidor Adão Paiani.

Vítima da curiosidade irresponsável de quem tem senhas – ou poder -, o ex-deputado Luiz Fernando Schmidt se mostra inconformado. Os dados dele foram acessados a pedido do ex-vereador de Lajeado, Márcio Klaus (PSDB), e revelados em conversa com o chefe de gabinete da governadora, Ricardo Lied. Schmidt foi candidato do PT à Prefeitura de Lajeado e derrotado pela atual prefeita.

O ex-deputado diz que agora espera uma manifestação do secretário da Transparência para que a verdade não seja acobertada. O resultado da sindicância deve ser entregue hoje a Carlos Otaviano Brenner de Moraes. “O Estado inteiro ouviu, pela Rádio Gaúcha, a voz do Chefe de Gabinete da governadora, Ricardo Lied, confessando que praticou espionagem política utilizando-se de um instrumento de investigação restrito aos órgãos policiais. Então, creio que a sindicância deveria punir, no mínimo, duas pessoas, o senhor Lied e a pessoa que acessou o sistema e repassou-lhe as informações”, lembra o petista.

O OAB-RS pediu apoio à OAB Nacional para ingressar com uma ação por Descumprimento de Preceito Fundamental pelo Governo do Rio Grande do Sul. É que o Palácio Piratini, no entendimento da entidade, não informou corretamente como se dá o acesso ao sistema. O ex-ouvidor Adão Paiani está trabalhando em Anápolis (GO) e está igualmente indignado com o resultado do trabalho.

Postado por André Machado às 16h33

Fonte: ZEROHORA.COM

Diz o blogueiro – em mais de trinta anos de função pública nunca imaginei me deparar com uma sindicância tão ordinária, realmente feita sob encomenda. O bandido Ricardo Lied fica no governo sem problema algum e aí tenho a certeza de que temos um governo corrupto. Se havia em meu espírito alguma dúvida, esta se desfez como fumaça, infelizmente.

Anterior

Ex-diretores criaram “quadrilha”, diz Virgílio

Proxima

Diploma e controle da informação

5 Comments

  1. Herr Loeffler, esta novela é antiga no RS. Manipulações para acobertar a verdade, etc.
    Assim caminha o RS, infelizmente.

  2. E o que dizer, amigo Jorge, das sindicâncias de encomenda com resultado prévio abertas dentro da casa da Justiça?
    Eu também não tenho mais nenhuma dúvida…

  3. alice hoffmeister - São Leo

    Esta é a apuração dos fatos denunciados pelo Paiani? onde está também aquele do coronel PM R1 da BM todo poderoso na SSP que o dr.Otaviano “pediu” para apurar? e a sindicância da Walna que estava sendo feita pelo mesmo Otaviano? assim fica dificil ela ter PAZ, mesmo mandando rezar missa na Catedral. A Yeda tem que se ajudar, não adianta dizer que é a oposição. Isto já é caso de polícia, civil, é claro.

  4. Neco Martins

    Pois então… Os fatos não correspondem aos relatos; se consomem como frango sem sujarem os seus pratos. Uma mentira contada mil vezes se transforma em verdade, apenas para quem a ouve. A doutrina de Mesmer (médico alemão), o mesmerismo, é altamente empregada país afora. Com um povo destes, queriam o quê? Que a falcatrua viesse à tona de maõs dadas com o seu devido réu-confesso? Temos muita estrada a percorrer antes de deixar que a ilusão deste sistema maldito nos corrompa também. Sem tirar nem por; são todos uns cafagestes. E viva o Senado Federeal!!!

  5. solon soares

    E agora como piece de resistence vem aí o desfecho do mensalão. O julgamento está a cargo do Barrrbbooosaaaa( não o Nei Latorraca, mas o outro)e aí a palhaçada vai ser inacreditável. Vamos entender enfim que nunca antes na história deste país a desfaçatez foi tão premiada.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress & Theme by Anders Norén