Faz alguns minutos, logo que despertou frau Loeffler tratou de liberar as “meninas”, Pinga e Ica para seu passeio matinal pelo jardim e também foi à rua apanhar o jornal que assinamos por que as meninas exigem muito papel.

Estando próximo da porta senti a enorme diferença de temperatura. Ali fora alguns graus menor do que aqui dentro.

Foi nesse momento que ouvi dela a expressão tempo louco.

Não, o tempo que é como costuma nossa espécie dizer ao se referir ao clima não está LOUCO, longe disto.

O clima responde a todas as nossas provocações e nós, os ditos humanos que nos julgamos ser o “homo sapiens” temos muito de “sabidos” e pouco ou quase nada de sábios.

Cavamos a cada dia que passa com mais velocidade a extinção de nossa presença no planeta.

Infelizmente poucos dispõem de alguns minutos para pensar, pois pautados pelo bandido CAPITAL que usa e muito bem os meios de comunicação para idiotizar as massas.

Não é sem razão que vemos e ouvimos aquela propaganda cretina na Rede Mexe Mexe de Televi$ão enchendo a bola do AGRONEGÓCIO diuturnamente e que aqui é repetido à exaustão pelos de$one$ta por que $onegadora RB$.

O planeta que habitamos segue seu curso no Universo e vai continuar e dentro de muito pouco tempo, depois de se livrar de nossa espécie que dentro da ignorância que me caracteriza a defino como “homo burraldus”.

Quando tal ocorrer não mais estarei aqui e o planeta seguirá seu curso no Universo bem mais aliviado de nós que nos comportamos em nossa relação com ele com uma verdadeira nuvem de gafanhotos quando chega a uma vicejante lavo