Quem faz jornalismo como profissão tem o dever da imparcialidade, ainda mais no terreno do ludopédio onde a rivalidade é enorme.

A sorte deles é que me sinto impedido de CANCELAR A ASSINATURA da Zero Hora vez que necessito de papel, muito papel mesmo para forrar o piso na garagem onde a minha “criaturinha muito especial”,  a ICA costuma fazer o seu xixi, especialmente durante a noite.

O Editor

 

 

Clube veta entrevistas exclusivas aos veículos do grupo

Jornal circulou na última segunda-feira, 13 – Reprodução

O título de uma matéria, publicada em Zero Hora na última segunda-feira, 13, foi motivo de desconforto entre o Grêmio e o Grupo RBS. Para se referir à vitória do Internacional contra o Cruzeiro, no último domingo, 12, a manchete ‘Deu Moledo e cia’ trazia um grifo em ‘Deu Mole’, expressão usada por Renato Gaúcho na derrota do seu time para o Fluminense. A partir disso, o Conselho de Administração do clube tricolor decidiu, ontem, 16, vetar entrevistas exclusivas de jogadores e dirigentes aos veículos da organização midiática.

Na noite da própria segunda-feira, ZH publicou uma nota de esclarecimento na qual informou que não tinha intenção de ofender o clube e seus torcedores. A mesma informação foi divulgada no app GaúchaZH Tricolor, às 22h17 daquele dia. Em seu perfil no Twitter, o repórter Filipe Duarte, que assina as matérias da página em questão, explicou que o título não foi de sua autoria. “Gostaria de prestar um esclarecimento sobre a matéria publicada em ZH sobre a vitória do Inter contra o Cruzeiro. Eu assino todos os textos da página e a cotação, mas o título não foi feito por mim. É uma decisão tomada pelos editores após a entrega do conteúdo pelo repórter”, registrou.

O fato ganhou forte repercussão nas redes sociais. Na terça-feira, 14, a hashtag #JaCancelouSuaZHHoje entrou nos Trending Topics Brasil, do Twitter, como assunto mais comentado do microblog no País. Também pela plataforma, o jornalista Taddeu Vargas, que é conselheiro do Grêmio e diretor do Grêmio Unido – movimento do qual o presidente Romildo Bolzan participa – informou que a posição tomada pelo Conselho de Administração é institucional. “Dirigentes e jogadores não darão mais exclusivas ao jornal, Rd Gaúcha e RBS TV. Manifestações nas redes deram respaldo à direção (sic)”, escreveu.

A reportagem de Coletiva.net entrou em contato com o Grupo RBS, que informou que não irá se pronunciar além da nota oficial publicada no app GaúchaZH Tricolor. O clube, por sua vez, confirmou ao portal a decisão tomada pelo Conselho de Administração, sem mais detalhes.

Copiado de:  https://coletiva.net/noticias/titulo-de-materia-abala-relacao-entre-gremio-e-rbs,299519.jhtml