Isto que dizem serem igrejas penso nada mais sejam do que um negócio/estelionato admitido pelo Estado e praticamente todo o planeta. O objetivo é apenas tomar dinheiro de incautos. Doravante com o empobrecimento de significativo de nosso povo que desde o golpe vem sendo reduzido à condição de uma multidão de miseráveis essa guerra entre tais estelionatários irá se acirrar, pois os miseráveis não tem nem mesmo como ingerir pelo DUAS REFEIÇÕES AO DIA e assim não há dinheiro para “ofertar” aos referidos bandidos.

O Editor

Templo de Salomão
no Google Maps
O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou ao Google a criação de filtros para impedir que, no Maps, o Templo de Salomão, da Universal, seja associada aos termos “sinagoga de Satanás”.

Proferida em dezembro de 2017, a sentença foi publicada em janeiro de 2018.


O buscador já não vinha fazendo a associação por conta de uma liminar obtida pela Igreja Universal em agosto de 2016.

Inicialmente, o Google tinha dito à Justiça que a associação tinha sido feita por um internauta, mas a empresa acabou responsabilizando seu algoritmo quando a Universal pediu o nome do usuário do Maps.

No Tribunal, o voto do relator Galdino Toledo Júnior foi vencido.

No entendimento do desembargador, o Google não pode ser um censor e quem se sentir ofendido deveria acionar diretamente o suposto ofensor.

Com informação do Consultor Jurídico e da sentença do TJ-SP

Copiado de:  https://www.paulopes.com.br/2018/01/tj-veta-associacao-da-universal-com-sinagoga-de-satanas.html#.WyHBte4vyM8